Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
52 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
59 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
73 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
87 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
101 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
108 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
136 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
143 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
178 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
220 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
241 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
248 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
276 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
283 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
311 dias

Para chefe, Haas é única culpada por não ter sido 4ª no mundial

compartilhar
comentários
Para chefe, Haas é única culpada por não ter sido 4ª no mundial
28 de dez de 2018 18:56

Gunther Steiner diz que erros provocados por noviciado acabaram por tirar vários pontos da equipe

Os erros da equipe Haas em 2018 custaram à equipe o quarto lugar entre as equipes na última temporada. A opinião é do chefe do time norte-americano, Gunther Steiner.

"Acho que é nossa culpa não termos terminado em quarto", disse Steiner. “Eu acho que faz parte do aprendizado que temos como equipe”.

“Estamos apenas em nossa terceira temporada e terminar em quinto é ótimo. Terminamos em primeiro entre os times privados. Os caras da frente são todos times de fábricas, exceto a Red Bull, mas eles trabalham como uma equipe de fábrica. Eles são bem financiados. Poderíamos ter sido quarto, mas 'poderia' não traz nada, então decidi ficar feliz com o quinto."

Dois erros nos pitstops no GP da Austrália custaram à Haas uma significativa soma de pontos, enquanto Romain Grosjean sofreu um mau começo de ano, com vários erros – o principal deles sendo o acidente atrás do Safety Car em Baku e o acidente na primeira volta na Espanha.

Pontos também foram perdidos devido a erros da equipe que levaram a desqualificações para Grosjean na Itália (assoalho ilegal) e Kevin Magnussen nos EUA (combustível), mas Steiner sentiu que a Haas respondeu bem ao aprender com seus erros.

"Se você comete um erro uma vez, não está certo, mas o importante é que você não cometa o erro uma segunda vez", explicou ele.

“Tivemos esse desastre com os pitstops na Austrália, mas não tivemos nenhum depois. Somos muito minuciosos, estamos em um bom lugar. Só precisamos ter certeza de que nos manteremos nesse bom lugar.”

"Este é apenas um exemplo, mas há muitas coisas em que melhoraremos porque cometemos um erro."

Melhor piloto da Haas em 2018, Magnussen, que terminou a temporada com 56 pontos e um nono lugar no campeonato, admitiu que a equipe não conseguiu capitalizar a força do seu 2018 com regularidade.

"Tivemos a performance no carro para provavelmente terminar em quarto no campeonato, mas não conseguimos capitalizar o suficiente", acrescentou Magnussen.

"Somos uma equipe muito nova e acho que estamos um pouco acima do nosso peso com um carro que é bom demais para a experiência que temos."

Próximo artigo
Ocon destaca importância em melhora nas classificações

Artigo anterior

Ocon destaca importância em melhora nas classificações

Próximo artigo

Brawn: Verstappen ainda tem que crescer antes de lutar por título

Brawn: Verstappen ainda tem que crescer antes de lutar por título
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1