Mercedes identifica ponto fraco da Red Bull

  compartilhar
  comentários

A pré-temporada e as primeiras corridas do Mundial de F1 de 2021 mostraram como a disputa poderá ser mais acirrada, em comparação aos anos anteriores, mas já após a quarta etapa do campeonato, tudo parece ter voltado ao normal. A Mercedes começa a se distanciar nas classificações dos campeonatos de pilotos e construtores, muito por causa de um ponto fraco detectado pela equipe multicampeã: o excessivo desgaste dos pneus traseiros. O repórter do Motorsport.com, Erick Gabriel, traz as declarações do diretor de engenharia da Mercedes, Andrew Shovlin, além de Christian Horner, chefe da Red Bull sobre o tema.

Próximo vídeo
Carregar comentários

Sobre este vídeo

Duração 03:48
Postado 13 de mai de 2021
Categoria Fórmula 1
Seja o primeiro a receber as últimas notícias