Diretor da Williams compara Bottas com Senna: futuro campeão

Pat Symonds, que trabalhou com brasileiro, além de Schumacher e Alonso, elogiou o finlandês e vê Massa "acordado"

Diretor da Williams compara Bottas com Senna: futuro campeão
O atual diretor técnico da Williams, Pat Symonds, é um dos poucos do paddock da Fórmula 1 a ter trabalhado com Ayrton Senna – no início da carreira do brasileiro, na Toleman – Michael Schumacher, na Benetton, e Fernando Alonso, na Renault. E, mesmo reconhecendo que os requerimentos para ser um campeão do mundo tenham mudado ao longo do tempo, é em Valtteri Bottas que o inglês vê a determinação dos outros grandes do esporte.

[publicidade] “Não é só desejo de vencer – todo mundo tem isso – mas alguns deles têm essa paixão borbulhante, a crença absoluta de que eles podem chegar lá. Acho que há pilotos muito rápidos no grid hoje, mas às vezes eles duvidam deles mesmos – e no minuto que um esportista duvidar de si, ele já está derrotado. E isso que eu vi em grandes pilotos também vejo com Valtteri”, defendeu Symonds em entrevista ao site oficial da Fórmula 1. “É como se ele considerasse que tem o direito de ser campeão.”

Falando sobre Felipe Massa, o inglês acredita que a transferência da Ferrari para a Williams, no início de 2014, fez com que o brasileiro acordasse. “Muitas pessoas sabem que ele foi capaz de vencer um campeonato, porque quase o fez em 2008. Depois do acidente da Hungria, as pessoas pensaram ‘ok, Felipe, que pena’. E descobrimos na Williams que o acordamos – e não está fora de questão que, se fizermos um carro bom o bastante, Felipe também pode vencer. A parte final da temporada de 2014 foi uma revelação. Foi o Felipe que não víamos há anos.”
compartilhar
comentários
Com menção a Schumacher, Vettel promete não trocar mais capacete

Artigo anterior

Com menção a Schumacher, Vettel promete não trocar mais capacete

Próximo artigo

Ron Dennis vê títulos "em um futuro não muito distante"

Ron Dennis vê títulos "em um futuro não muito distante"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli