Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
14 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
42 dias

Há 20 anos, “nascia” o Muro dos Campeões na F1

compartilhar
comentários
Há 20 anos, “nascia” o Muro dos Campeões na F1
13 de jun de 2019 13:46

GP do Canadá de 1999 fazia história há duas décadas com uma série de batidas de grandes nomes, além de se tornar a primeira corrida da F1 a terminar com safety car guiando vencedor

Ainda está na memória do fã da F1 o GP do Canadá do último domingo, com a controversa vitória de Lewis Hamilton, a sétima em Montreal, após punição dada a Sebastian Vettel, por ter se recolocado à pista de maneira insegura, depois de errar na primeira chicane do circuito Gilles Villeneuve.

O trecho da confusão deverá ser lembrado no futuro, mas há outro que é mais marcante, dentro do autódromo canadense. Trata-se do Muro do Campeões, que nesta quinta-feira (13) completa 20 anos, como toda a comunidade do esporte a motor conhece.

Leia também:

No dia 13 de junho de 1999, o GP do Canadá de F1 teve a presença do safety carpor quatro vezes, sendo a última deles a quatro voltas do fim, com o acidente causado por Heinz-Harald Frentzen, fazendo com que Mika Hakkinen cruzasse a linha de chegada em primeiro, sendo escoltado pelo carro de segurança. O desfecho inusitado e inédito na F1 era apenas um dos pontos daquela prova.

Ricardo Zonta, hoje na Stock Car, foi o primeiro a bater no muro da última chicane que leva até a reta principal. O brasileiro não era e nem se tornou campeão da F1, mas vinha de um título mundial de GT no ano anterior.

Após 14 voltas, Damon Hill, campeão de 1996 da F1, perdeu a traseira de sua Jordan e estampou o mesmo muro. A corrida seguiu normalmente e no 30º giro, Michael Schumacher que era o líder da prova, também acertou o concreto.

O público das arquibancadas assistia a carnificina e não esperava que o herói local, também campeão da F1, seria a próxima vítima do muro. Na 35ª volta, Jacques Villeneuve , que ocupava o oitavo lugar, também bateu no muro, trazendo o safety car pela terceira vez na prova.

Além do triunfo de Hakkinen, Giancarlo Fisichella e Eddie Irvine completaram o pódio. Pedro Paulo Diniz, da Sauber, foi o sexto colocado, o que seria seu melhor resultado naquela temporada, junto com os GPs da Grã-Bretanha e Áustria.

Confira imagens da corrida que “batizou” o Muro dos Campeões da F1

Galeria
Lista

Michael Schumacher, Ferrari

Michael Schumacher, Ferrari
1/8

Foto de: Ercole Colombo

Michael Schumacher após acidente no Muro dos Campeões

Michael Schumacher após acidente no Muro dos Campeões
2/8

Foto de: Sutton Motorsport Images

Jacques Villeneuve, BAR 01 Supertec

Jacques Villeneuve, BAR 01 Supertec
3/8

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Jacques Villeneuve após acidente no Muro dos Campeões

Jacques Villeneuve após acidente no Muro dos Campeões
4/8

Foto de: Sutton Motorsport Images

Damon Hill após acidente no Muro dos Campeões

Damon Hill após acidente no Muro dos Campeões
5/8

Foto de: Sutton Motorsport Images

Pedro Paulo Diniz, Sauber

Pedro Paulo Diniz, Sauber
6/8

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Winner Mika Hakkinen, Mclaren MP4-14

Winner Mika Hakkinen, Mclaren MP4-14
7/8

Foto de: Sutton Motorsport Images

Vencedor; Mika Hakkinen

Vencedor; Mika Hakkinen
8/8

Foto de: WRI2

Próximo artigo
Ferrari tenta um "jeitinho" informal para anular punição de Vettel

Artigo anterior

Ferrari tenta um "jeitinho" informal para anular punição de Vettel

Próximo artigo

Verstappen: “Gosto de assistir à MotoGP porque mais equipes podem vencer”

Verstappen: “Gosto de assistir à MotoGP porque mais equipes podem vencer”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1