Fórmula 1 GP do Bahrein

F1: Leclerc revela motivo de não ter feito a última tentativa no Q3 no GP do Bahrein

Charles Leclerc disse que a decisão de não fazer a última tentativa na terceira parte da classificação foi para economizar um jogo de pneus para a corrida de amanhã, que terá a largada ao meio-dia no horário de Brasília

Charles Leclerc, Ferrari SF-23
Na primeira classificação do ano da Fórmula 1, para o Grande Prêmio do Bahrein de 2023, Charles Leclerc da Ferrari abandonou a última tentativa no Q3, com isso largará em terceiro. Como uma peça havia se soltado do carro do monegasco no começo da classificação, ainda no Q1 - o que causou uma bandeira vermelha -, a suspeita era de que o carro ainda estava com problemas, mesmo depois de os mecânicos terem fixado a parte com fita. No entanto, Leclerc admitiu que o motivo de não ter ido para a pista na última tentativa foi para economizar um jogo de pneus, pensando na estratégia da corrida de amanhã. O que indica que a Ferrari pretende usar mais jogos de pnenus macios para a construção da estratégia. 
 
Leia também:
 
"Não, não teve nenhum problema. Acho que estávamos na luta pela pole position, o que foi uma grande surpresa, para ser honesto, porque eu não esperava que, depois do teste e dos treinos livres, que foram um pouco difícies para nós, que nós conseguissemos encontrar ritmo para a volta de classificação", disse o monegasco surpreso. Ele disse que acredita que está em um bom lugar para começar a corrida com novos pneus do que começar em primeiro com um jogo do pneus velhos. 
 
Mesmo com esse tom otimista, Leclerc está cauteloso quanto ao ritmo de corrida da Ferrari. "No entanto, precisamos ter em mente que, na corrida, parece que estamos um pouco atrás em comparação com a Red Bull. E acho que estamos em uma posição melhor largando em terceiro com pneus novos do que largando em primeiro com pneus velhos ou um pouco mais à frente: não sei se teríamos conseguido a pole ou não. Mas teria sido perto", projetou o piloto. 
 
Não só a Red Bull que despertou esse cuidado de Leclerc nas previsões para a corrida. Ele acredita que a Mercedes e a Aston Martin serão equipes que darão trabalho amanhã. "A Aston Martin estava muito rápida. Mercedes também estava rápida na classificação. Nós estamos mais perto das outras equipes do que esperávamos, o que é ótimo. Eu acredito que isso deixa a Fórmula 1 mais emocionante. Então, eu estou ansioso para as próximas corridas", concluiu Leclerc, com a característica animação do começo da temporada. 
 

F1 AO VIVO: ACOMPANHE AQUI O MELHOR DEBATE SOBRE O GRID NO BAHREIN

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: Ferrari renovada, Mercedes melhor e Red Bull bem? Que F1 teremos em 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Com Verstappen na pole e Alonso à frente das Mercedes, confira grid de largada para o GP do Bahrein
Próximo artigo F1: Verstappen se diz 'positivamente surpreso' com pole e espera ritmo forte amanhã

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil