Mercedes "não tem dúvidas" sobre comprometimento de Hamilton com F1

Chefe da equipe, Toto Wolff quer retomar diálogo sobre renovação de contrato para 2022 o quanto antes

Mercedes "não tem dúvidas" sobre comprometimento de Hamilton com F1

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse que "não tem dúvidas" sobre o comprometimento de Lewis Hamilton com a Fórmula 1, mas diz que piloto merece a flexibilidade de assinar um contrato de apenas um ano com a equipe.

Após discussões, o sete vezes campeão mundial e a Mercedes finalmente fecharam um novo contrato de um ano em fevereiro, que cobrirá a temporada de 2021, mas deixará ambas as partes renegociar um novo acordo para a nova era de regulamentos da F1 a partir de 2022.

Leia também:

Embora o negócio encerrasse as especulações sobre o futuro de curto prazo da Hamilton, isso também levantou questões sobre o que aconteceria depois do final de 2021.

Hamilton comentou que não tinha "nenhuma necessidade” real de planejar com muita antecedência seu futuro, preferindo a flexibilidade de um contrato de um ano.

"Eu só queria um ano", disse ele. "Então, podemos conversar sobre se faremos mais e se continuaremos adicionando se for necessário."

Wolff explicou que o acordo incomumente curto de Hamilton não levanta dúvidas sobre seu compromisso de longo prazo com o esporte, mas dá ao piloto de 35 anos a flexibilidade que sua carreira merece.

"Não, sem dúvida sobre seu comprometimento", disse Wolff.

"Em primeiro lugar, ele gosta muito de correr. Gostamos de trabalhar uns com os outros e discutimos muito isso, mas ele está absolutamente certo. Os tempos mudam.”

“Há novas prioridades para todos nós em termos de como vivemos nossa saúde. Ele é muito apaixonado por suas iniciativas, contra o racismo e a desigualdade.”

"Eu acho que é justo para um piloto que ganhou sete campeonatos, dar a si mesmo a flexibilidade em sua mente para decidir o que quer fazer no futuro. Quer seja uma corrida ou fora do circo."

Tanto Hamilton quanto seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, amarrados a novos acordos de um ano, Wolff está relaxado sobre a decisão de sua dupla de pilotos para 2022, mas jurou que não vai sair tão tarde quanto no inverno passado.

“Concordamos que queremos retomar as discussões muito no início deste ano, para evitar uma situação como a que tivemos em 2020, para ficar sem tempo e na posição desconfortável de que não há tempo sobrando antes do início da temporada", acrescentou o austríaco.

“E é também por isso que fechamos um contrato de apenas um ano; para nos permitir discutir o futuro nas corridas e fora delas por mais tempo.”

“Na verdade, acho que se Lewis continuar a competir, vamos querer fazer isso juntos. E vamos discutir isso em breve.”

"Com o Valtteri, sabemos exatamente o que temos.”

“Ao mesmo tempo, o cenário muda com novos carros, novos regulamentos e temos que tomar a decisão certa para a equipe seguir em frente.”

"Isso também significa que teremos as discussões com nossos dois pilotos primeiro, e então veremos onde isso vai dar."

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

MERCEDES 2021: Veja carro que pode render OCTA e RECORDES a HAMILTON e manter sua HEGEMONIA na F1

PODCAST: Como seria a transmissão dos sonhos da F1 no Brasil?

 

compartilhar
comentários
Como Mercedes poderá se beneficiar do limite de orçamento da F1

Artigo anterior

Como Mercedes poderá se beneficiar do limite de orçamento da F1

Próximo artigo

Filho de Enzo Ferrari detona transmissão de TV da F1 atual: carros parecem ter velocidade de F2

Filho de Enzo Ferrari detona transmissão de TV da F1 atual: carros parecem ter velocidade de F2
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Filip Cleeren