Confira como foram as primeiras etapas da Fórmula Inter em 2019

compartilhar
comentários
Confira como foram as primeiras etapas da Fórmula Inter em 2019
20 de mai de 2019 22:19

Provas ocorridas em fevereiro e março tiveram Alex Seid e André Nobre como grandes nomes

A temporada 2019 da Fórmula Inter começou com quatro provas agitadas no autódromo de Interlagos. Alex Seid e André Nobre foram os grandes nomes da primeira etapa, realizada em fevereiro, levando para casa uma vitória cada e o topo da tabela. Na segunda etapa, em março, Francesco Franciosi e Daniel Mageste garantiram uma vitória cada e entraram na briga pelo campeonato.

Leia também:

Primeira etapa: Domínio de Seid e Nobre

Na primeira corrida da etapa 1, André Nobre largou da pole position e não permitiu que os rivais tentassem qualquer tipo de ataque, levando o carro na primeira posição até o final da corrida. O piloto do carro número 7 terminou a prova com uma vantagem de 12s446 para Cassio Cortes, que superou Alexandre Galassi na largada e não conseguiu acompanhar o ritmo do vencedor. Galassi foi o terceiro. (Veja vídeo da corrida neste link)

“A corrida foi incrível. Foi minha primeira corrida de Inter aqui em Interlagos, antes eu tinha corrido somente no Velo Città. É a segunda vez que eu ando com o carro e, aqui, fiz quatro voltas no treino livre e só três na classificação. Ganhar de ponta a ponta é incrível”, disse Nobre. “Seria mais tenso se o Cassio estivesse mais próximo, mas, mesmo assim, o desafio mental é outro quando você tem uma distância maior. Não foi uma prova fácil”, completou.

A segunda corrida, foi marcada por uma boa batalha entre Alex Seid e Gerson Campos no início da prova (Veja vídeo neste link). Campos pulou para a liderança logo na largada, mas foi muito atacado por Seid, além de Tchesco e Daniel Mageste. Seid retomou a ponta na quarta volta, enquanto Campos perdeu rendimento e a segunda posição para Mageste dois giros mais tarde.

“No começo foi complicado. Eu sabia que o Gerson viria forte. Ele me passou no “S” do Senna, mas depois de algumas voltas eu o passei, e administrei até a entrada do Safety Car. Depois, o Mageste veio para cima, mas ficou um pouco para trás, e eu consegui abrir”, disse Seid. “É minha primeira vitória em Interlagos. Finalmente chegou o dia!”, completou o piloto.

Segunda etapa: Pegas emocionantes e novos competidores

O domingo começou com uma boa disputa entre Franciosi e Zebra, que trocaram posições por três vezes, com o baiano levando vantagem sobre o veterano de forma definitiva na sétima volta, a última antes da entrada programada do Safety Car. Na relargada, o piloto mais jovem do grid viu Alex Seid, pole position e líder desde a largada, perder desempenho, cedendo a liderança de forma definitiva. Sang Ho Kim, que fez sua estreia na Fórmula Inter nesta prova, completou o grupo dos três primeiros (Veja vídeo neste link)

“Foi uma corrida difícil. Eu saí na quarta colocação, com três ‘carnes de pescoço’ na minha frente, com muita experiência, e consegui duas posições antes do Safety Car. Depois da relargada, assumi a primeira posição e, depois disso, segui na liderança até o final”, disse Franciosi. “O Zebra e eu trocamos posições umas duas ou três vezes, mas ele cometeu um erro no Pinheirinho, e eu passei por ele e fui embora”, completou.

A segunda corrida começou com grande domínio de André Nobre, parceiro de Alex Seid, e que tomou a primeira posição ainda nos metros iniciais ao superar Daniel Mageste, o pole position. O que parecia uma vitória tranquila, porém, virou drama para o piloto do MG15 número 7, que viu o carro perder desempenho na décima das 12 voltas.

Melhor para Mageste, que tomou a ponta e seguiu para vencer pela primeira vez.A segunda posição acabou nas mãos de Edu Bruza, que travou ótima batalha com Francesco Franciosi ao longo da prova, superando o vencedor da primeira prova apenas nos metros finais, relegando-o ao terceiro lugar (Veja vídeo neste link).

“Foi um corridão! Não foi fácil, pois o André pulou de forma espetacular na largada, e o Francesco também pulou na minha frente. Tive que ter calma para passar o ‘Tchesco’ e tentar buscar o André, mas ele estava muito rápido. Então eu vi o carro do André com problemas, perdendo velocidade. Dei meu melhor e o passei.”, disse Mageste, logo após o final da corrida em Interlagos.

Próximo artigo
André Nobre e Alex Seid dominam terceira etapa da Fórmula Inter

Artigo anterior

André Nobre e Alex Seid dominam terceira etapa da Fórmula Inter

Próximo artigo

Raphael Frossard e Gabriel Salomão dominam sexta-feira de treinos da Fórmula Inter

Raphael Frossard e Gabriel Salomão dominam sexta-feira de treinos da Fórmula Inter
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula Inter
Seja o primeiro a receber as últimas notícias