McLaren na Indy em tempo integral é questão de 'quando' e não 'se', diz Zak Brown

CEO da McLaren, Brown cogitou possibilidade de retorno do time à categoria norte-americana em 2020

McLaren na Indy em tempo integral é questão de 'quando' e não 'se', diz Zak Brown
Carregar reprodutor de áudio

CEO da McLaren, Zak Brown está em Long Beach acompanhando a Indy neste fim de semana. Segundo Brown, já é quase certo o retorno da equipe inglesa em tempo integral à categoria norte-americana.

Leia também:

"Somos muito fãs dessa categoria. Acho que Mark Miles e sua equipe têm feito um trabalho excelente. A corrida é incrível, ótimos times, ótimos pilotos, ótimas pistas. Então é um lugar onde a McLaren gostaria de correr", disse Brown.

"Não há dúvida de que os donos da McLaren gostariam de estar na IndyCar. Acho que é mais uma questão de 'quando' do que de 'se'. E se fomos fazer isso para 2020, acho que precisaríamos tomar uma decisão no verão para estarmos preparados", explicou.

"Então não é nada que descartamos para 2020 e essa decisão virá em algum momento no verão, senão olharemos para 2021", finalizou.

Em 2017, a McLaren fez uma parceria com a Andretti para correr nas 500 Milhas de Indianápolis com Fernando Alonso. Em 2019, a equipe vai novamente estar na prova mais famosa do mundo, mais uma vez com Alonso, mas sem a Andretti, de forma independente.

 

compartilhar
comentários
Bruno Senna escolhe corridas e pilotos preferidos na Fórmula 1
Artigo anterior

Bruno Senna escolhe corridas e pilotos preferidos na Fórmula 1

Próximo artigo

Hamilton domina e vence GP 1000 da F1 em nova dobradinha da Mercedes

Hamilton domina e vence GP 1000 da F1 em nova dobradinha da Mercedes