Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
24 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
38 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
66 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
73 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
87 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
101 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
108 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
129 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
143 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
185 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
192 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
206 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
213 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
227 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
241 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
248 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
262 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
276 dias

Apoiadora de Sirotkin queria garantias da Williams para 2019

compartilhar
comentários
Apoiadora de Sirotkin queria garantias da Williams para 2019
7 de dez de 2018 11:23

Mika Salo, diretor esportivo da SMP Racing, afirmou que programa gostaria de pagar valor menor à Williams, além de ter certeza de melhora para o ano que vem

A apoiadora da carreira de Sergey Sirotkin, a SMP Racing, tentou um desconto em seu pagamento à Williams, além de garantias de que a equipe melhoraria para a temporada de 2019 a fim de continuar com a parceria para o próximo ano da F1.

Sirotkin competiu pela Williams exatamente na temporada mais difícil da história da tradicional equipe, que acabou com a última posição no Mundial de Construtores.

Devido ao rendimento apagado da Williams, a SMP Racing quis diminuir o valor que pagaria ao time, e, como não houve consenso, Robert Kubica foi promovido à vaga de titular.

A revelação foi feita por Mika Salo, ex-piloto de F1 e que ocupa cargo de diretor esportivo da SMP Racing. “Estava praticamente nas mãos da Williams”, disse à emissora finlandesa MTV.

“Claro, nós queríamos reduzir um pouco o preço e ter uma garantia de que a Williams melhoraria. Mas não chegamos a um consenso.”

“Essa é uma das razões pelas quais não estou preocupado com a saída de Sergey”, continuou. “Ele fez um bom trabalho e a equipe gostou dele. Seu conhecimento técnico é incrível, e temos carros de protótipos que precisam de um piloto do nível de Sergey.”

A dupla da Williams em 2019 será formada por Kubica e pelo novato George Russell, atual campeão da F2.

Próximo artigo
Mercedes aponta “revés” no desenvolvimento de motor

Artigo anterior

Mercedes aponta “revés” no desenvolvimento de motor

Próximo artigo

Hamilton mira evolução: “Quero ser um dos maiores da história”

Hamilton mira evolução: “Quero ser um dos maiores da história”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1