Após manobra agressiva, Alonso vai ao hospital por precaução

Ferrari saltou durante disputa com Vergne na saída do pit e provocou pancada nas costas do espanhol, que foi o 5º hoje

Após manobra agressiva, Alonso vai ao hospital por precaução

Saindo de décimo, Alonso usou sua já conhecida agressividade para conseguir um bom quinto lugar hoje em Abu Dhabi. O espanhol exaltou o resultado e disse que a colocação era o máximo que poderia alcançar hoje com as limitações do carro da Ferrari

“Quando saímos atrás sempre sabemos que vamos ter batalhas e tráfego. Em algumas disputas saímos bem, e em outras perdemos tempo”, falou em Yas Marina. “Mas vendo que Grosjean terminou 30 segundos à nossa frente, vemos que não tínhamos muito o que fazer. Estou contente de somar bons pontos para a equipe”, reconheceu.

“Chegamos com um Mercedes na frente e outro atrás. Tivemos que minimizar os danos no mundial de construtores. Pilotos, com o abandono de Kimi, acabamos ficando bem.”

Alonso acabou saindo dos limites da pista na saída de seu segundo pit enquanto disputava o sétimo lugar com Vergne. O espanhol, que não foi punido apesar de ter entrado sob investigação, colocou a culpa do incidente no francês. “Na minha opinião eles têm de punir o Vergne. Quando você tem um carro ao lado do outro, você não pode utilizar todo o espaço da pista. Fomos roda com roda, acabamos vazando a linha ao lado e acabei saindo da pista. Não tive como continuar no circuito.”

Na manobra, o carro de Alonso deu um salto, o que acabou contundindo o piloto na região das costas. A Ferrari informou que a pancada teve uma força equivalente a 25G e após a prova o espanhol foi parar no hospital por prevenção.

"Pelo menos estou com todos os meus dentes", brincou o piloto. "Minhas costas doem, mas seguramente estarei bem pra Austin. Temos um alarme no carro que é acionado quando a força G ultrapassa certos limites e aí temos que fazer exames", completou o piloto, que espera um ritmo melhor nas últimas provas do campeonato. “Espero que não tenhamos o mesmo desempenho fraco das últimas provas. Precisamos de um pódio até o fim do ano.”

compartilhar
comentários
Em segundo pódio seguido, Rosberg exalta boa fase da Mercedes
Artigo anterior

Em segundo pódio seguido, Rosberg exalta boa fase da Mercedes

Próximo artigo

Button erra na largada; Pérez sofre, mas termina em 9º

Button erra na largada; Pérez sofre, mas termina em 9º
Carregar comentários