Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
15 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
43 dias

Cinco equipes que a Fórmula 1 deve mirar para a temporada 2021

compartilhar
comentários
Cinco equipes que a Fórmula 1 deve mirar para a temporada 2021
Por:
26 de mar de 2019 14:59

Categoria fará mudanças no regulamento de 2021 e terá chance de atrair novas escuderias para o campeonato. O Motorsport lista cinco opções

Várias equipes estão interessadas em entrar na Fórmula 1 em 2021. Quem disse? Chase Carey. Pelo menos foi isso que o CEO da F1 afirmou no primeiro fim de semana da temporada 2019, em Melbourne, na Austrália.

O norte-americano alega que a planejada revisão das regras do campeonato, dentro e fora das pistas, está trazendo novos interessados para a mesa de negociações. Ainda não se sabe, porém, com quem Carey falou.

Leia também:


De todo modo, o Motorsport.com montou uma lista com cinco candidatos fortes que têm capacidade - e motivos - para participar da categoria máxima do automobilismo mundial. Veja nas galerias abaixo:

1. Audi

Galeria
Lista

Daniel Abt, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05

Daniel Abt, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05
1/16

Foto de: Joe Portlock / Motorsport Images

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05
2/16

Foto de: Sam Bagnall / Motorsport Images

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05
3/16

Foto de: Joe Portlock / Motorsport Images

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05
4/16

Foto de: Alastair Staley / Motorsport Images

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05

Lucas Di Grassi, Audi Sport ABT Schaeffler, Audi e-tron FE05
5/16

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Audi RS 5 DTM 2019

Audi RS 5 DTM 2019
6/16

Foto de: Audi Communications Motorsport

Audi RS 5 DTM 2019

Audi RS 5 DTM 2019
7/16

Foto de: Audi Communications Motorsport

Audi RS 5 DTM

Audi RS 5 DTM
8/16

Foto de: Audi Communications Motorsport

Nico Müller, René Rast, Mike Rockenfeller, Audi RS 5 DTM

Nico Müller, René Rast, Mike Rockenfeller, Audi RS 5 DTM
9/16

Foto de: Audi

Audi RS 5 DTM

Audi RS 5 DTM
10/16

Foto de: Audi Communications Motorsport

Nico Müller, René Rast, Mike Rockenfeller, Audi RS 5 DTM

Nico Müller, René Rast, Mike Rockenfeller, Audi RS 5 DTM
11/16

Foto de: Audi

Aurélien Panis, Comtoyou Racing Audi RS 3 LMS

Aurélien Panis, Comtoyou Racing Audi RS 3 LMS
12/16

Foto de: WTCR

Jean-Karl Vernay, Audi Sport Leopard Lukoil Team Audi RS 3 LMS

Jean-Karl Vernay, Audi Sport Leopard Lukoil Team Audi RS 3 LMS
13/16

Foto de: WTCR

Nathanaël Berthon, Comtoyou Racing Audi RS 3 LMS

Nathanaël Berthon, Comtoyou Racing Audi RS 3 LMS
14/16

Foto de: WTCR

Denis Dupont, Comtoyou Racing Audi RS 3 LMS

Denis Dupont, Comtoyou Racing Audi RS 3 LMS
15/16

Foto de: WTCR

Nathanaël Berthon, Comtoyou Racing Audi RS 3 LMS

Nathanaël Berthon, Comtoyou Racing Audi RS 3 LMS
16/16

Foto de: WTCR

Já há algum tempo que rumores dão conta de um possível programa da Audi na F1. Entretanto, os compromissos da montadora com a Fórmula E e a DTM sugerem que os alemães estão satisfeitos com seu trabalho fora da Fórmula 1.

No entanto, a iminente chegada da Porsche à F-E traz à tona uma batalha interna do Grupo Volkswagen no mesmo campeonato.

A tecnologia híbrida da F1 seria uma maneira perfeitamente válida de promover o crescimento da Audi, ao mesmo tempo em que separa as marcas do Grupo VW e maximiza o retorno sobre o investimento ao não lutar pelo mesmo espaço.

Lucas Di Grassi, que corre pela Audi e foi campeão da temporada 2016/17 da F-E, chegou a dizer que a marca recebe muito mais da categoria elétrica do que receberia da F1. O brasileiro reconheceu, porém, que o alcance da F1 é inegavelmente maior do que o da F-E.

E uma amostra da competência da montadora com unidades de potência híbridas está no próprio apelido e-tron que adorna os carros da Audi na F-E. O mesmo nome fez parte das máquinas R18 que renderam dois títulos aos alemães na classe LMP1 do Campeonato Mundial de Endurance (WEC) em 2012 e 2013.

A promoção da marca por meio de um projeto híbrido na F1 teria valor comercial poderoso, além de relevância tecnológica. Para a Fórmula 1, o benefício é claro: traria uma potência absoluta para o campeonato pela primeira vez.

2. Prema

Galeria
Lista

Sean Gelael, PREMA RACING

Sean Gelael, PREMA RACING
1/9

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Mick Schumacher, PREMA RACING

Mick Schumacher, PREMA RACING
2/9

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Sean Gelael, PREMA RACING

Sean Gelael, PREMA RACING
3/9

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Sean Gelael, PREMA RACING

 Sean Gelael, PREMA RACING
4/9

Foto de: FIA Formula 2

Mick Schumacher, Prema Racing

Mick Schumacher, Prema Racing
5/9

Foto de: James Gasperotti

Marcus Armstrong, PREMA Racing

Marcus Armstrong, PREMA Racing
6/9

Foto de: Malcolm Griffiths

Robert Shwartzman, PREMA Racing

Robert Shwartzman, PREMA Racing
7/9

Foto de: Malcolm Griffiths / Motorsport Images

Jehan Daruvala, PREMA Racing

Jehan Daruvala, PREMA Racing
8/9

Foto de: Malcolm Griffiths / Motorsport Images

Mick Schumacher, PREMA RACING

Mick Schumacher, PREMA RACING
9/9

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

A Prema tem um histórico fenomenal em categorias juniores de monopostos e merece dar um passo além, saindo do status de mera criadora de pilotos de F1 para de fato ser uma equipe da categoria máxima do automobilismo mundial.

A escuderia certamente não daria tamanho salto sem grande suporte financeiro, mas já indicou que teria interesse em entrar na F1 como cliente de alguma fornecedora de unidades motrizes. E o teto orçamentário, junto às restrições de recursos financeiros previstos para 2021, aumentam a perspectiva das equipes B.

Para equipes maiores, que têm os recursos mas não terão como gastá-los sozinhas, faz sentido se juntar a outros times. As regras tentarão limitar os benefícios mútuos de relacionamentos desse tipo, mas eles nunca deixarão de existir em alguma medida.

A Ferrari e a Prema têm mantido uma relação próxima. Se a Ferrari tem cerca de US$ 500 milhões para gastar na F1, mas só pode gastar metade disso, por que não redirecionar esses recursos para uma equipe B oficial, que a Prema administraria?

Isso daria à Prema uma plataforma para operar de maneira sustentável na F1 e ser capaz de mostrar suas proezas no nível superior. Parece um preço que vale a pena pagar.

3. SMP Racing

Galeria
Lista

#11 SMP Racing BR Engineering BR1: Mikhail Aleshin, Vitaly Petrov, Brendon Hartey

#11 SMP Racing BR Engineering BR1: Mikhail Aleshin, Vitaly Petrov, Brendon Hartey
1/14

Foto de: JEP / Motorsport Images

#11 SMP Racing BR Engineering BR1 - AER: Mikhail Aleshin, Vitaly Petrov, Brendon Hartley

#11 SMP Racing BR Engineering BR1 - AER: Mikhail Aleshin, Vitaly Petrov, Brendon Hartley
2/14

Foto de: SMP Racing

#17 SMP Racing BR Engineering BR1 - AER: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Sergey Sirotkin

#17 SMP Racing BR Engineering BR1 - AER: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Sergey Sirotkin
3/14

Foto de: SMP Racing

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan
4/14

Foto de: JEP / Motorsport Images

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan
5/14

Foto de: JEP / Motorsport Images

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan
6/14

Foto de: JEP / Motorsport Images

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stéphane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan
7/14

Foto de: JEP / Motorsport Images

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stephane Sarrazin, Egor Orudzhev

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stephane Sarrazin, Egor Orudzhev
8/14

Foto de: Erik Junius

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stephane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stephane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan
9/14

Foto de: JEP / Motorsport Images

#72 SMP Racing Ferrari 488 GT3: Mikhail Aleshin, Davide Rigon, Miguel Molina

#72 SMP Racing Ferrari 488 GT3: Mikhail Aleshin, Davide Rigon, Miguel Molina
10/14

Foto de: Marc Fleury

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stephane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan

#17 SMP Racing BR Engineering BR1: Stephane Sarrazin, Egor Orudzhev, Matevos Isaakyan
11/14

Foto de: JEP / Motorsport Images

#72 SMP Racing Ferrari 488 GT3: Mikhail Aleshin, Davide Rigon, Miguel Molina

#72 SMP Racing Ferrari 488 GT3: Mikhail Aleshin, Davide Rigon, Miguel Molina
12/14

Foto de: Marc Fleury

#72 SMP Racing Ferrari 488 GT3: Mikhail Aleshin, Davide Rigon, Miguel Molina

#72 SMP Racing Ferrari 488 GT3: Mikhail Aleshin, Davide Rigon, Miguel Molina
13/14

Foto de: Marc Fleury

#11 SMP Racing BR Engineering BR1: Mikhail Aleshin, Vitaly Petrov, Jenson Button

#11 SMP Racing BR Engineering BR1: Mikhail Aleshin, Vitaly Petrov, Jenson Button
14/14

Foto de: JEP / Motorsport Images

A SMP patrocinou a Williams e colocou Sergey Sirotkin na Fórmula 1 por uma temporada. Sinal de que os russos são capazes de financiar sua própria equipe. Uma prova é o fato de que a SMP disputa a classe LMP1 do WEC, atraindo nomes como Jenson Button. Portanto, claramente há grandes finanças por trás da escuderia, além da compreensão de como montar um time competitivo.

Voltando à Fórmula 1, a SMP ainda financia Sirotkin e o colocou de volta na Renault como piloto reserva, então há um link com uma equipe atual de F1 - uma que atualmente não tem afiliados e que está ciente da ameaça que enfrenta daqueles que têm.

A SMP investe pesado em jovens valores e o Grande Prêmio da Rússia é um acréscimo consideravelmente recente à F1. Sem nenhum lugar para pilotos russos, o futuro dessas iniciativas parece restrito. Uma equipe de F1 pode ser uma forma definitiva de firmá-las no médio prazo, e 2021 deve apresentar a melhor oportunidade em termos de custo-benefício.

4. Andretti Autosport

Galeria
Lista

Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport Honda

Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport Honda
1/12

Foto de: Phillip Abbott / Motorsport Images

Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport Honda

Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport Honda
2/12

Foto de: Bill Gulker

Zach Veach, Andretti Autosport Honda

Zach Veach, Andretti Autosport Honda
3/12

Foto de: Bill Gulker

Oliver Askew, ANDRETTI AUTOSPORT

Oliver Askew, ANDRETTI AUTOSPORT
4/12

Foto de: Bill Gulker

Zach Veach, Andretti Autosport Honda

Zach Veach, Andretti Autosport Honda
5/12

Foto de: Rip Shaub / Motorsport Images

Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport Honda

Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport Honda
6/12

Foto de: Bill Gulker

Marco Andretti, Andretti Autosport/Bryan Herta Autosport Honda

Marco Andretti, Andretti Autosport/Bryan Herta Autosport Honda
7/12

Foto de: Bill Gulker

Oliver Askew, ANDRETTI AUTOSPORT

Oliver Askew, ANDRETTI AUTOSPORT
8/12

Foto de: Bill Gulker

Zach Veach, Andretti Autosport Honda

Zach Veach, Andretti Autosport Honda
9/12

Foto de: Scott R LePage / Motorsport Images

Marco Andretti, Andretti Autosport/Bryan Herta Autosport Honda

Marco Andretti, Andretti Autosport/Bryan Herta Autosport Honda
10/12

Foto de: Bill Gulker

Alexander Rossi, Andretti Autosport Honda

Alexander Rossi, Andretti Autosport Honda
11/12

Foto de: Scott R LePage / Motorsport Images

Marco Andretti, Andretti Autosport/Bryan Herta Autosport Honda

Marco Andretti, Andretti Autosport/Bryan Herta Autosport Honda
12/12

Foto de: IndyCar Series

Nenhuma lista de "equipes que queremos ver na F1" estaria completa sem uma instituição norte-americana. E há várias que se qualificam como dignas de se juntar a Haas na Fórmula 1: incluindo Penske e Ganassi.

No entanto, a Andretti parece a mais 'encaminhada'. Principalmente porque tem laços políticos crescentes com a categoria máxima do automobilismo mundial.

McLaren e Andretti fizeram uma parceria para as 500 Milhas de Indianápolis envolvendo Fernando Alonso. Os chefes das equipes, Zak Brown e Michael Andretti, trabalham juntos na Austrália, na Walkinshaw Andretti United Supercars. Existe um relacionamento prévio e a McLaren precisa de uma equipe afiliada, já que seus grandes rivais operam dessa maneira.

Sem contar que um nome importante como o da Andretti também seria de grande ajuda na tentativa da F1 de aumentar seu apelo nos EUA. E já existe um piloto norte-americano provado suas fileiras: Alexander Rossi.

5. Aston Martin

Galeria
Lista

#98 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage: Paul Dalla Lana, Pedro Lamy, Mathias Lauda

#98 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage: Paul Dalla Lana, Pedro Lamy, Mathias Lauda
1/9

Foto de: JEP / Motorsport Images

#95 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Marco Sorensen, Nicki Thiim, Darren Turner

#95 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Marco Sorensen, Nicki Thiim, Darren Turner
2/9

Foto de: Paul Foster

#97 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Alex Lynn, Maxime Martin

#97 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Alex Lynn, Maxime Martin
3/9

Foto de: JEP / Motorsport Images

#62 R-Motorsport Aston Martin Vantage GT3: Jake Dennis, Matthieu Vaxiviere, Marvin Kirchhöfer

#62 R-Motorsport Aston Martin Vantage GT3: Jake Dennis, Matthieu Vaxiviere, Marvin Kirchhöfer
4/9

Foto de: R-Motorsport

#95 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Marco Sorensen, Nicki Thiim, Darren Turner

#95 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Marco Sorensen, Nicki Thiim, Darren Turner
5/9

Foto de: JEP / Motorsport Images

#95 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Marco Sorensen, Nicki Thiim, Darren Turner

#95 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Marco Sorensen, Nicki Thiim, Darren Turner
6/9

Foto de: JEP / Motorsport Images

#97 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Alex Lynn, Maxime Martin

#97 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Alex Lynn, Maxime Martin
7/9

Foto de: JEP / Motorsport Images

#95 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Marco Sorensen, Nicki Thiim

#95 Aston Martin Racing Aston Martin Vantage AMR: Marco Sorensen, Nicki Thiim
8/9

Foto de: JEP / Motorsport Images

Max Verstappen, Red Bull Racing RB15

Max Verstappen, Red Bull Racing RB15
9/9

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Outra grande marca para completar a lista. E uma que já está significativamente envolvida na F1 através da sua parceria com a Red Bull. Com a equipe austríaca comprometida com a Honda no futuro de curto prazo, há espaço para a Aston procurar outro lugar.

Por ser uma potencial fabricante de motores, a Aston Martin fez barulho ao entrar na F1. E a marca está claramente ansiosa para expandir o seu envolvimento no automobilismo.

Além de operação em corridas de turismo, a montadora discutiu os futuros regulamentos do WEC, consolidou um projeto na DTM e substituiu a McLaren como patrocinadora principal do Prêmio Aston Martin Autosport BRDC para o Jovem Piloto do Ano.

A Aston não precisaria necessariamente construir seu próprio motor. Poderia se juntar a um fornecedor independente, tornar-se um terceiro time da Honda ou procurar outra unidade motriz já presente na F1. E em última análise, é uma grande marca com longo histórico em corridas, de modo que teria poder de barganha na mesa de negociação.

Próximo artigo
No Bahrein, Ricciardo se diz ansioso para colocar GP da Austrália “de lado”

Artigo anterior

No Bahrein, Ricciardo se diz ansioso para colocar GP da Austrália “de lado”

Próximo artigo

Hamilton critica vaias racistas a jogador inglês pelo Instagram

Hamilton critica vaias racistas a jogador inglês pelo Instagram
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Scott Mitchell