Fórmula 1 GP de Las Vegas

F1 - Hamilton: Las Vegas "nunca será como Silverstone"

Mas heptacampeão vê pontos positivos na visita da categoria à "cidade do pecado"

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG, during the drivers press conference

A visita da Fórmula 1 a Las Vegas segue dividindo opiniões entre os fãs e o próprio paddock da categoria. Para o heptacampeão Lewis Hamilton, é possível tirar pontos positivos dessa adesão ao calendário, mas ele reforça que provas como essa nunca terão a tradição de corridas como a de Silverstone.

O retorno da F1 à Vegas após mais de 40 anos era um sonho da Liberty Media, que inclusive fez uma manobra sem precedentes, assumindo para si própria a promoção do evento, investindo mais de meio bilhão de dólares na construção da infraestrutura permanente para a prova.

Leia também:

Quando questionado no dia de mídia da F1 em Vegas sobre quais seriam os pontos positivos da etapa, Hamilton disse:

"Bem, o esporte segue crescendo. No final das contas, isso é um negócio e acho que ainda veremos boas corridas por aqui. É um bem grande. Acho que, para realmente entrarmos no mercado aqui, cativando a audiência, precisamos de pelo menos duas corridas, uma não era suficiente".

"Essa é uma das cidades mais icônicas e únicas daqui, pelas luzes, o show, é um grande show, certamente. Nunca será como Silverstone, mas talvez com o passar do tempo, as pessoas da comunidade vão começar a amar o esporte, assim como nós tivemos o privilégio de crescermos vendo isso".

"Talvez a pista seja boa, talvez seja ruim. No simulador, foi mais ou menos. Definitivamente não é como Silverstone, mas não adianta criticar sem nunca ter tentado".

Hamilton foi na contramão dos que criticam o evento antes mesmo de sua realização, mas já deixa claro que seguirá pressionando a F1 para viabilizar o retorno ao continente africano nos próximos anos.

"Ouvi muitas pessoas criticando a direção que Stefano e a Liberty tomaram, mas acho que eles estão fazendo um trabalho incrível. O esporte está crescendo massivamente, e crescerá ainda mais após o lançamento do filme [estrelado por Brad Pitt]".

"Mas estou em cima de Stefano, porque realmente quero correr na África do Sul ou na África. Se não for na África do Sul, com sorte será em outro lugar, porque estamos em todos os outros continentes".

"Temos que pensar no impacto que temos nesses lugares. Não é só um circo que vem e depois vai embora. Temos que pensar em como podemos impactar positivamente a comunidade aqui".

Parte da ASTON é VENDIDA, Verstappen DETONA GP em Vegas e CÁLCULOS de Pérez! Série da Brawn agita F1

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

 

Podcast #256 – Quais as chances do GP de Las Vegas se tornar um fiasco?

 


ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ecclestone insinua favorecimento da Brawn GP a Button sobre Barrichello
Próximo artigo F1: O que Pérez precisa para ser vice-campeão em Las Vegas

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil