F1: Nike 'barra' criação da marca de roupas de Verstappen

Após um apelo da gigante de roupas esportivas, o Instituto de Propriedade Intelectual do Benelux impediu o bicampeão mundial de comercializar os produtos sob o nome de Max 1

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, on the podium

As roupas e bonés da Red Bull e Max Verstappen são particularmente populares na Holanda, assim como os produtos lançados com o nome do campeão holandês de Fórmula 1. Exatamente por isso, o holandês gostaria de criar sua própria marca de roupas, mas, acabou sendo 'parado' por uma gigante do mercado esportivo: a Nike.

Leia também:

 

O nome do projeto já existia: Max 1. Para registrar os direitos, foi feito um pedido em 10 de dezembro de 2021 para a marca nominativa Max 1. No entanto, agora Verstappen deve procurar um novo nome para sua linha de roupas, de acordo com uma decisão do Instituto de Propriedade Intelectual do Benelux.

A empresa de roupas esportivas Nike apresentou uma oposição ao nome Max 1 em fevereiro de 2022. A empresa americana acredita que o nome da linha de roupas de Verstappen é muito semelhante à linha de produtos Air Max que ela mesma produz, de modo que os produtos do Max 1 podem ser vistos se tornando parte da família Air Max.

Além disso, os produtos da nova marca de do holandês cairiam na mesma categoria de produto dos produtos Air Max da Nike. No final de fevereiro, o Instituto de Propriedade Intelectual do Benelux julgou o caso e deu ganho de caso para a marca esportiva. Isso significa que o bicampeão mundial precisa procurar um novo nome para sua coleção de roupas.

"Os produtos em questão são parcialmente idênticos e parcialmente semelhantes. Visual e foneticamente, há um certo grau de semelhança entre os sinais", pode-se ler na decisão. "Com base nestes e nos outros fatores acima referidos e dada a sua interdependência, o Instituto considera que existe um risco de confusão na medida em que o público pode pensar que os produtos abrangidos pelas marcas invocadas e os do sinal contestado provêm da mesma empresa ou, se for o caso, de empresas economicamente vinculadas."

Como é prática comum no setor de vestuário que uma mesma marca seja configurada de maneiras diferentes, o público relevante também pode pensar que o sinal impugnado é uma submarca do adversário."

TELEMETRIA: Rico Penteado faz 'prévia' do GP da Austrália

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: treinos que valem pontos? F1 vai 'longe demais' com entretenimento?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: McLaren prepara 'carro B' para restante da temporada
Próximo artigo F1: Veja horários e previsão do tempo para a sexta-feira do GP da Austrália

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil