Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
63 dias
06 mai
Próximo evento em
105 dias
20 mai
Próximo evento em
119 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
133 dias
10 jun
Próximo evento em
140 dias
24 jun
Próximo evento em
154 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
161 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
175 dias
29 jul
Próximo evento em
189 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
217 dias
02 set
Próximo evento em
224 dias
09 set
Próximo evento em
231 dias
23 set
Próximo evento em
245 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
252 dias
07 out
Próximo evento em
259 dias
21 out
Próximo evento em
273 dias
28 out
Próximo evento em
280 dias
05 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
301 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
316 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
325 dias

F1: Rio Motorpark nega envolvimento com chefe de corrupção do RJ

compartilhar
comentários
F1: Rio Motorpark nega envolvimento com chefe de corrupção do RJ

Consórcio se defende de insinuações relativas a supostas irregularidades no processo licitatório

Idealizador do projeto para construir uma pista no Rio e realizar o GP do Brasil de Fórmula 1 na cidade, o consórcio Rio Motorpark nega qualquer ligação suspeita com Rafael Alves, suposto chefe do 'QG da Propina' da prefeitura carioca, de acordo com o Ministério Público do estado. 

A informação foi publicada por O Dia, replicada pelo Motorsport.com e dá conta de que Alves, que seria o comandante de uma série de atividades corruptas na prefeitura carioca, teria apresentado o dono do Rio Motorpark, José Antonio Soares Pereira Jr, ou JR Pereira, às autoridades municipais. O consórcio nega qualquer irregularidade. Sua assessoria argumenta que JR Pereira sequer foi citado pelo Ministério Público no processo.

De acordo com O Dia, "diálogos de WhatsApp mostram que Alves validou a influência de JR na prefeitura. As conversas constam no pedido de busca e apreensão que o Ministério Público fez à Justiça para justificar a apreensão de celular e pendrive do prefeito Marcelo Crivella, na última quinta-feira. Os promotores investigam um suposto esquema de propina que envolve licitações direcionadas". O consórcio "refuta veementemente" as afirmações. Veja abaixo:

"O diretor-executivo JR Pereira refuta veementemente as afirmações contidas nessa reportagem e esclarece que não foi citado na peça do Ministério Público que embasou a operação do último dia 10 e nem tampouco foi alvo de busca e apreensão.

A leitura da peça, que teve seu sigilo quebrado pela Justiça, deixa muito evidente que o Ministério Público não aponta a existência de qualquer influência na licitação para construção e operação do autódromo, assim como não afirma que quem quer que seja teria sido responsável por introduzir o diretor-executivo na administração pública municipal.

Além disso, os diálogos transcritos na peça mostram tão somente uma solicitação de agenda formal com o Sr. Marcelo Alves, à época Presidente da Riotur, para tratar de assuntos pertinentes ao projeto do autódromo e não há, portanto, elementos que possam resultar na afirmação de que 'Diálogos de Whatsapp mostram que Alves validou a influência de JR na prefeitura'.

JR Pereira não tem nem nunca teve qualquer influência na Prefeitura do Rio ou em qualquer outro órgão público. Como executivo à frente de um empreendimento no modelo Parceria Público-Privada, já mantinha, desde antes das datas que constam nas transcrições de mensagens, interlocuções em caráter profissional com representantes dos órgãos diretamente responsáveis pelo projeto do autódromo, inclusive com o Prefeito Marcelo Crivella, o que é um procedimento natural para quem está à frente de um empreendimento no modelo PPP."

Entenda como Max Verstappen pode sair da Red Bull antes do fim de seu contrato

PODCAST: Após 'comemorar' GP 1000, qual é o tamanho da crise da Ferrari?

 

.

ANÁLISE: O que a venda da fábrica da McLaren significa para o futuro da equipe na F1

Artigo anterior

ANÁLISE: O que a venda da fábrica da McLaren significa para o futuro da equipe na F1

Próximo artigo

F1: Gasly afirma que AlphaTauri tem ambições de igualar a performance da Red Bull no futuro

F1: Gasly afirma que AlphaTauri tem ambições de igualar a performance da Red Bull no futuro
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1