Fórmula 1 GP de Miami

F1: Segundo lugar em Miami, Pérez culpa desgaste dos pneus e alega que não tinha ritmo

Piloto largou da pole position, mas não conseguiu manter posição até o fim das 57 voltas do GP de Miami. Ele foi superado pelo seu companheiro de equipe na Red Bull, Max Verstappen

Sergio Perez, Red Bull Racing RB19
Sergio Pérez não conseguiu converter a pole position em vitória no GP de Miami da Fórmula 1. O piloto conseguiu manter a liderança na largada, mas foi superado por Max Verstappen, que largou em nono lugar. Pérez já havia dito que estava com dificuldade para se sentir confiante com o carro. Na corrida, ele alegou que não tinha ritmo e que teve problemas de desgaste nos pneus na primeira parte da corrida. 

 

Leia também:


"Eu tentei. Eu dei tudo. Acho que o primeiro stint foi muito ruim com a granulação que tivemos nos pneus no começo. E isso comprometeu bastante a nossa corrida. Max foi particularmente forte hoje. Vitória tão merecida para ele.", disse. 

Apesar de já ter relatado dificuldade, o piloto mexicano da Red Bull definiu o ritmo como "pior do que esperado". "Honestamente, acho que Max também teve um ritmo tremendo com o pneu duro e acho que tenho que analisar o que deu errado hoje porque simplesmente não tínhamos ritmo.", finalizou.

PÓDIO AO VIVO: Tudo sobre o GP de Miami

Podcast #228 - Reclamações de Verstappen em Baku mostram que bicampeão 'sentiu o golpe'?

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Alonso revela que Aston Martin "agora quer mais" depois do quarto pódio em 2023
Próximo artigo F1: Leclerc lamenta Ferrari "muito inconstante na corrida" em Miami

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil