Relato da corrida
Fórmula 1 GP de Miami

F1: Verstappen bate Pérez na pista e na estratégia, vence o GP de Miami e mantém liderança do Mundial

Disputa entre dupla da Red Bull aconteceu graças às estratégias opostas de pneus

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19, George Russell, Mercedes F1 W14

A Fórmula 1 entregou uma boa corrida neste domingo em Miami, com a estratégia de pneus e paradas sendo fundamental para manter a tensão durante a maior parte da prova. No final, Max Verstappen bateu Sergio Pérez tanto na pista quanto na estratégia para vencer a quinta etapa da temporada 2023 e consolidar a liderança do Mundial. Fernando Alonso completou o pódio.

Completaram o top 10: George Russell, Carlos Sainz, Lewis Hamilton, Charles Leclerc, Pierre Gasly, Esteban Ocon e Kevin Magnussen. 

Leia também:
 

Para a largada, tivemos uma grande variedade de opções de pneus. Norris e Piastri foram de macios, mais da metade de médios e Verstappen, Ocon, Hulkenberg, Hamilton, Zhou, Tsunoda e Stroll optaram pelos duros.

Na largada, Pérez saiu bem para se manter na ponta, mas com Alonso em sua cola, seguido de Sainz, enquanto Verstappen perdeu uma posição, caindo para 10º e Piastri fez uma bela saída, indo de 19º para 13º.

 

Ao final da primeira volta, as posições já se estabilizavam, com Pérez à frente de Alonso, Sainz, Gasly e Russell, com Leclerc em sexto, Verstappen novamente em nono e Hamilton em 13º.

Enquanto Pérez já abria 1s5 para Alonso, a melhor disputa na pista valia a sexta posição entre Leclerc, Magnussen e Verstappen. Primeiro Magnussen ultrapassou Leclerc, com o monegasco respondendo poucas curvas depois. Mas, na reta principal na quarta volta, o piloto da Ferrari foi engolido pelos dois graças ao uso do DRS.

 

Quando a corrida entrava na volta 10, Pérez liderava com 1s8 para Alonso, que tinha Sainz a menos de 1s. Verstappen já era o quarto, com Russell em quinto, à frente de Gasly, que perdeu as posições em poucas curvas. Magnussen, Leclerc, Ocon e Bottas completavam o top 10, enquanto Hamilton seguia em 13º.

Foram necessárias apenas 14 voltas para Verstappen assumir a terceira posição, precisando de menos de dois giros para pular para a segunda colocação, ultrapassando Alonso graças ao DRS. Neste momento, a diferença entre Max e Pérez era de 3s7, com o mexicano de pneus médios contra o holandês de duros.

 

O pneu duro se mostrou o composto correto para esse começo de prova, com Verstappen rapidamente baixando a vantagem de Pérez para 1s4 na volta 20. O bicampeão abria 3s8 para Alonso, com Ocon e Hulk completando o top 5, à frente de Sainz e Hamilton, com Russell em 12º e Leclerc em 15º no meio da janela de paradas.

Isso fez com que Pérez entrasse nos boxes já na volta seguinte. O mexicano voltou em quarto, próximo de Ocon. Neste momento, Verstappen, Alonso, Hulk, Hamilton, Alonso, Tsunoda e Stroll estavam no top 10, mas ainda sem parar. 

 

Na chegada à 30ª volta, Verstappen liderava com Pérez em segundo a menos de 15s. O holandês ainda precisava fazer sua parada. Alonso era o terceiro, a 12s do mexicano, com Sainz em quarto e Ocon em quinto. Mas o espanhol ainda teria que pagar uma punição de 5s por excesso de velocidade nos boxes. Hamilton e Russell vinham em sexto e sétimo e Leclerc era o 13º.

Com Verstappen próximo de parar, o holandês começou a rebater Pérez, com voltas rápidas que aumentavam a diferença para quase 16s. O mexicano também abria 16s para Alonso, seguido de Sainz, Russell, Ocon e Hamilton no top 7, enquanto Leclerc era o 12º, ainda preso atrás de Magnussen.

 

Verstappen finalmente foi aos boxes na volta 46 de 57. Com pneus médios, o holandês voltou em segundo, mas com pouco mais de 1s2 separando os dois. Alonso era o terceiro, com Russell em quarto e Sainz em quinto. Com 10s de vantagem para Gasly em sexto, o espanhol manteria a quinta colocação mesmo com a punição.

Não precisou muito. O holandês teve apenas que esperar duas voltas para abrir a asa e ultrapassar Pérez, mesmo com o mexicano tentando se defender na curva 1.

No final, Max Verstappen obteve a terceira vitória na temporada 2023, superando Sergio Pérez na pista e na estratégia, enquanto Fernando Alonso completou o pódio. Fecharam a zona de pontos: George Russell, Carlos Sainz, Lewis Hamilton, Charles Leclerc, Pierre Gasly, Esteban Ocon e Kevin Magnussen. 

A Fórmula 1 tira uma semana de folga e retoma as atividades da temporada 2023 entre 19 e 21 de maio com o GP da Emilia Romagna em Ímola. A sexta etapa do ano promete grandes novidades, com os pacotes de atualização das equipes e, no Motorsport.com, você acompanha a cobertura completa da principal categoria do automobilismo mundial.

Cla   # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h Pits Abandono Pontos
1   1 Netherlands Max Verstappen Red Bull Red Bull 57 1:27'38.241       1   26
2   11 Mexico Sergio Perez Red Bull Red Bull 57 1:27'43.625 5.384 5.384   1   18
3   14 Spain Fernando Alonso Aston Martin Mercedes 57 1:28'04.546 26.305 20.921   1   15
4   63 United Kingdom George Russell Mercedes Mercedes 57 1:28'11.470 33.229 6.924   1   12
5   55 Spain Carlos Sainz Jr. Ferrari Ferrari 57 1:28'20.752 42.511 9.282   1   10
6   44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 57 1:28'29.490 51.249 8.738   1   8
7   16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 57 1:28'31.229 52.988 1.739   1   6
8   10 France Pierre Gasly Alpine Renault 57 1:28'33.911 55.670 2.682   1   4
9   31 France Esteban Ocon Alpine Renault 57 1:28'36.364 58.123 2.453   1   2
10   20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 57 1:28'41.186 1'02.945 4.822   1   1
11   22 Japan Yuki Tsunoda AlphaTauri Red Bull 57 1:28'42.550 1'04.309 1.364   1    
12   18 Canada Lance Stroll Aston Martin Mercedes 57 1:28'42.995 1'04.754 0.445   1    
13   77 Finland Valtteri Bottas Alfa Romeo Ferrari 57 1:28'49.878 1'11.637 6.883   1    
14   23 Thailand Alexander Albon Williams Mercedes 57 1:28'51.102 1'12.861 1.224   1    
15   27 Germany Nico Hulkenberg Haas Ferrari 57 1:28'53.191 1'14.950 2.089   1    
16   24 China Guan Yu Zhou Alfa Romeo Ferrari 57 1:28'56.681 1'18.440 3.490   1    
17   4 United Kingdom Lando Norris McLaren Mercedes 57 1:29'05.958 1'27.717 9.277   1    
18   21 Netherlands Nyck de Vries AlphaTauri Red Bull 57 1:29'07.190 1'28.949 1.232   1    
19   81 Australia Oscar Piastri McLaren Mercedes 56 1 lap       1    
20   2 United States Logan Sargeant Williams Mercedes 56 1 lap

PÓDIO AO VIVO: Tudo sobre o GP de Miami

Podcast #228 - Reclamações de Verstappen em Baku mostram que bicampeão 'sentiu o golpe'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior VÍDEO: Verstappen faz bela ultrapassagem dupla em corrida de recuperação no GP de Miami; veja
Próximo artigo F1: Com vitória de Verstappen e dobradinha da Red Bull, veja o resultado final do GP de Miami

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil