Fórmula 1 GP de Miami

F1: Alonso revela que Aston Martin "agora quer mais" depois do quarto pódio em 2023

Piloto espanhol admitiu que a perspectiva de sucesso da equipe está começando a mudar

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Fernando Alonso disse que sua equipe Aston Martin agora quer mais, depois de garantir seu quarto pódio em cinco corridas no GP de Miami da Fórmula 1.

Começando na primeira fila ao lado do pole position Sergio Pérez, Alonso não conseguiu seguir a equipe dominante Red Bull e terminou na terceira posição, atrás do vencedor da corrida Max Verstappen e Pérez. 

Leia também:

Depois de conquistar seu quarto pódio em cinco corridas, Alonso admitiu que a perspectiva de sucesso de sua equipe está começando a mudar. 

"Acho que no início do ano o pódio foi incrível. Agora, depois de quatro pódios, obviamente queremos mais e pelo menos um segundo lugar", disse Alonso.

"Mas os dois Red Bulls são sempre inquebráveis ​​e sempre super rápidos. Mas, como eu disse, talvez Mônaco, talvez Barcelona, ​​temos uma possibilidade."

As rivais da Aston, Mercedes e Ferrari, tiveram dificuldades no ritmo de corrida, deixando Alonso tranquilo para terminar 21 segundos atrás do segundo colocado Pérez e sete segundos à frente de George Russell, da Mercedes."

Durante a corrida, o bicampeão mundial ainda teve tempo para elogiar o companheiro de equipe Lance Stroll em uma ultrapassagem que ele viu nas telas ao redor do Autódromo Internacional de Miami.

Alonso admitiu que esperava uma batalha mais acirrada neste fim de semana.

"Uma corrida um pouco solitária hoje e nada para ver na nossa frente com os Red Bulls e atrás de nós", disse o espanhol.

“Talvez esperássemos uma oposição um pouco mais forte, mas as Ferraris foram um pouco piores do que o esperado hoje. Então, nunca é fácil, mas foi uma corrida solitária."

"Subimos ao pódio e vamos para a rodada tripla de Ímola, Mônaco e Barcelona, ​​na qual esperamos poder continuar."

Alonso já marcou 15 pontos em todos os finais de semana de corrida de 2023 até agora, perdendo o pódio em Baku, mas aumentando seus pontos na primeira corrida sprint de 2023.

Com 75 pontos, o espanhol segue para o GP da Emilia Romagna em duas semanas com uma vantagem de 19 pontos sobre Lewis Hamilton, da Mercedes, na batalha pelo terceiro lugar, atrás dos indescritíveis Red Bulls.

Podcast #228 - Reclamações de Verstappen em Baku mostram que bicampeão 'sentiu o golpe'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Verstappen celebra vitória depois de largar em nono: "Sempre muito gratificante"
Próximo artigo F1: Segundo lugar em Miami, Pérez culpa desgaste dos pneus e alega que não tinha ritmo

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil