Fórmula 1 GP do Azerbaijão

F1: Spa procura alternativas para impressionar Liberty e permanecer no calendário

Apesar da tradição, o GP da Bélgica corre risco de ficar de fora dos planos da categoria nos próximos anos

Charles Leclerc, Ferrari SF90, leads Sebastian Vettel, Ferrari SF90, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10 and Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10

Com a expansão do calendário da Fórmula 1, novas pistas estão entrando para o calendário da categoria, o que coloca em risco circuitos tradicionais que estão com o contrato próximo do fim. Esse é o caso de Spa-Francorchamps, que busca maneiras de impressionar a Liberty Media e se garantir no futuro da competição.

Leia também:

Os organizadores do evento estão dispostos a modernizar o GP da Bélgica, buscando uma estratégia semelhante ao dos Estados Unidos, que transformou o final de semana de corrida em uma verdadeira festa. O diretor comercial de Spa, Stijn de Boever, disse que houve um pedido da F1 para trazer mais entretenimento.

"Eles disseram que a história é ótima, mas que precisariam de mais. Decidimos ouvir e seguir sua nova maneira de entregar eventos de F1. O jeito americano, com todo o entretenimento que o acompanha.

"Estamos planejando todo tipo de entretenimento, com DJs, eventos exclusivos, fanzones e ativações ao redor do circuito. Pode-se dizer que nosso lendário GP também terá o brilho necessário. Se quisermos continuar hospedando corridas no futuro, temos que nos modernizar”.

Além das atualizações no que se diz respeito ao extra pista, Spa aposta na modernização do circuito para conseguir sua permanência.

“A nova arquibancada da Raidillon oferece vistas incríveis e o próprio circuito também tem trabalhado duro para melhorar suas instalações e se tornar mais sustentável”, ressaltou Boever.

Após os problemas enfrentados em 2021, quando as fortes chuvas impediram a corrida de acontecer (apenas três voltas foram realizadas, com os carros atrás do safety car), Spa precisa compensar a imagem negativa do episódio. Boever comentou que "Sim, temos algo a provar. Não temos petrodólares, mas podemos mostrar que somos um GP lendário que pode entreter 100.000 fãs por dia. É uma grande vantagem que eles possam experimentá-lo em primeira mão em agosto."

O futuro do GP da Bélgica ainda é incerto, mas os organizadores estão dispostos a aderirem as exigências da F1 e Liberty Media para seguir no campeonato, colocando tradição e entretenimento lado a lado.

TELEMETRIA: Rico Penteado analisa GP do Canadá, Ferrari e 'quicadas'

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual maior adversário ao bi de Verstappen: Pérez, Leclerc ou confiabilidade da Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Russell diz que intervenção da FIA sobre porpoising é paliativa
Próximo artigo F1: Verstappen lidera o primeiro treino livre para o GP do Canadá; Leclerc é quinto

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil