Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
48 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
55 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
69 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
83 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
97 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
104 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
118 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
132 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
139 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
160 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
174 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
188 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
216 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
223 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
237 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
244 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
258 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
272 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
279 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
293 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
307 dias

Hamilton supera Vettel e marca a pole para o GP do Brasil

compartilhar
comentários
Hamilton supera Vettel e marca a pole para o GP do Brasil
10 de nov de 2018 18:08

Inglês levou a melhor sobre o alemão na última fase e comandou sessão por 0s093 em Interlagos

Mesmo com o título garantido, Lewis Hamilton não segura o ritmo. O pentacampeão antecipado marcou a pole position para o GP do Brasil de F1, em Interlagos, levando a melhor sobre Sebastian Vettel em uma acirrada classificação.

O inglês marcou o tempo de 1min07s281 na fase final da sessão, o que foi suficiente para deixá-lo pouco menos de um décimo de segundo à frente do rival.

O piloto da Ferrari ainda está sob investigação por ter desrespeitado um procedimento na pesagem no intervalo do Q2 para o Q3.

Valtteri Bottas e Kimi Raikkonen registraram a segunda fila, à frente de Max Verstappen e Daniel Ricciardo, da Red Bull – embora o australiano vá perder cinco posições no grid.

Marcus Ericsson, Charles Leclerc, Romain Grosjean e Pierre Gasly completaram o top 10 da classificação.

Q1: Chuva ameaça e McLaren naufraga

As equipes estavam em alerta para a ameaça de chuva durante a classificação, o que fez com que todos os ponteiros já fossem à pista nos minutos iniciais do Q1. Logo de início, pilotos de Mercedes, Ferrari e Red Bull garantiram tempos suficientes para avançar de fase, com a ponta nas mãos de Verstappen, com 1min08s205.

No entanto, a situação estava parelha na tabela de tempos, já que os ponteiros ficaram separados por apenas 0s3. Raikkonen fechou a fase na segunda posição, à frente de Vettel, com Hamilton em quarto.

Durante a fase, Kevin Magnussen se intrometeu entre os líderes para terminar em quinto, a 0s2 de Verstappen. Bottas e Ricciardo vieram a seguir.

Nos minutos finais do Q1, alguns pilotos já reportavam gotas d’água da chuva, o que deixou o último trecho, sobretudo a saída da Junção, escorregadio. Mesmo assim, Pierre Gasly conseguiu melhorar seu tempo para fugir da degola, o que condenou Carlos Sainz, Brendon Hartley, Fernando Alonso, Lance Stroll e Stoffel Vandoorne, eliminados do treino.

Q2: Bottas lidera, Ferrari dá o pulo estratégico

A cena do Q1 se repetiu na segunda fase, quando os pilotos, temerosos pela possível chegada definitiva da chuva, foram de imediato à pista para aproveitar o asfalto mais seco. A Ferrari, pensando na corrida, decidiu apostar ao mandar Vettel e Raikkonen de pneus macios, enquanto que todos os demais usaram os supermacios.

Bottas liderou a primeira parte da fase, com 1min07s727. Contudo, Vettel, mesmo de pneus mais lentos, ficou colado, a apenas 0s049. Hamilton ocupou o terceiro posto, 0s068 atrás do parceiro de equipe.

Mercedes e Red Bull, então, seguiram a tática da Ferrari e puseram pneus macios para a segunda tentativa de seus pilotos. Porém, neste momento, já havia uma chuva mais forte, especialmente entre a Junção e o S do Senna , o que impossibilitou melhora no pelotão da frente.

Assim, os melhores tempos do início se mantiveram. Isso significa que Vettel e Raikkonen largarão para a prova de pneus macios, em tese mais duráveis, enquanto que Hamilton, Bottas, Verstappen e Ricciardo partem de supermacios, que têm mais aderência, mas também uma vida útil mais curta. 

Verstappen, Raikkonen, Ricciardo e Grosjean vieram a seguir. Já Leclerc, contrariando a decisão da Sauber ao permanecer na pista, conseguiu tirar uma volta da cartola quando as condições climáticas pareciam piores, passando ao Q3 em oitavo. Ericsson e Gasly completaram o top 10.

Isso resultou na eliminação de Magnussen, Pérez, Ocon, Hulkenberg e Sirotkin – que se envolveu em um entrevero com Hamilton na fase, quando o inglês andava lento na saída do Mergulho.

Q3: Hamilton supera Vettel e anota pole

Novamente não houve muito tempo para descanso. Na abertura do Q3, os líderes calçaram pneus novos para suas primeiras tentativas, e Hamilton começou na frente: 1min07s301, apenas 0s073 à frente de Vettel, que deu uma leve exagerada na saída da Curva do Lago.

Bottas e Raikkonen fecharam as primeiras tentativas a seguir, a menos de 0s2 de Hamilton. Já a Red Bull, com Verstappen à frente de Ricciardo, veio 0s4 atrás.

Nas segundas tentativas, Vettel iniciou sua volta com o melhor tempo no primeiro setor, enquanto que Hamilton veio mais rápido no segundo trecho. Porém, ambos perderam tempo no geral, de modo que ninguém melhorou. Mais uma pole, portanto, para o inglês.

Bottas e Raikkonen também não progrediram e abrem a segunda fila. Verstappen e Ricciardo, ainda com as melhores voltas na primeira tentativa, vieram a seguir, separados apenas por 0s002.

Ericsson, Leclerc, Grosjean e Gasly completaram, nesta ordem, o top 10.

Resultados: 

Cla # Piloto Chassi Motor Tempo Diferença km/h
1 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 1'07.281   230.561
2 5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 1'07.374 0.093 230.243
3 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 1'07.441 0.160 230.014
4 7 Finland Kimi Raikkonen Ferrari Ferrari 1'07.456 0.175 229.963
5 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull TAG 1'07.778 0.497 228.870
6 9 Sweden Marcus Ericsson Sauber Ferrari 1'08.296 1.015 227.134
7 16 Monaco Charles Leclerc Sauber Ferrari 1'08.492 1.211 226.484
8 8 France Romain Grosjean Haas Ferrari 1'08.517 1.236 226.402
9 10 France Pierre Gasly Toro Rosso Honda 1'09.029 1.748 224.722
10 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 1'08.659 1.378 225.933
11 3 Australia Daniel Ricciardo Red Bull TAG 1'07.780 0.499 228.863
12 11 Mexico Sergio Perez Force India Mercedes 1'08.741 1.460 225.664
13 27 Germany Nico Hulkenberg Renault Renault 1'08.834 1.553 225.359
14 35 Russian Federation Sergey Sirotkin Williams Mercedes 1'10.381 3.100 220.406
15 55 Spain Carlos Sainz Jr. Renault Renault 1'09.269 1.988 223.944
16 28 New Zealand Brendon Hartley Toro Rosso Honda 1'09.280 1.999 223.908
17 14 Spain Fernando Alonso McLaren Renault 1'09.402 2.121 223.515
18 31 France Esteban Ocon Force India Mercedes 1'08.770 1.489 225.569
19 18 Canada Lance Stroll Williams Mercedes 1'09.441 2.160 223.389
20 2 Belgium Stoffel Vandoorne McLaren Renault 1'09.601 2.320 222.876
Próximo artigo
Nasr: Salvei a Sauber de um colapso em 2016

Artigo anterior

Nasr: Salvei a Sauber de um colapso em 2016

Próximo artigo

Vettel quebra balança de pesagem e é investigado pela FIA

Vettel quebra balança de pesagem e é investigado pela FIA
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Sub-evento Treino Classificatório