Hulkenberg celebra melhor resultado pela Renault

compartilhar
comentários
Hulkenberg celebra melhor resultado pela Renault

Piloto alemão conquista quinto lugar em Hockenheim após chuva embaralhar disputa do meio do pelotão no final do GP

Nico Hulkenberg acredita que a Renault tenha merecido bastante seu top-5 conquistado no GP da Alemanha do último domingo.

Em uma corrida de condições mistas, o alemão conseguiu sair do sexto posto que ocupava no início da prova e se isolar em quinto lugar, conquistando assim seu melhor resultado em uma temporada e meia na Renault.

"Estou muito feliz com isso. A primeira parte da corrida não foi tão emocionante, mas tudo foi desenvolvendo bem no final, e então a chuva chegou”, disse Hulkenberg.

“Foi complicado tentar manter o carro na pista, mas gosto dessas condições e comecei a fazer alguns ganhos. São bons pontos para a equipe, nosso melhor resultado conjunto da temporada e meu melhor resultado com a Renault.”

Hulkenberg acha que a tomada de decisão da Renault em condições difíceis foi fundamental para o resultado, o que fortaleceu a fabricante francesa no quarto lugar entre os construtores – a deixando 21 pontos à frente da Force India.

"Mais condições malucas teriam sido ótimas, mas vamos aceitar isso", acrescentou ele. “Tomamos as decisões certas e é por isso que merecemos o quinto lugar hoje. Temos trabalhado muito para isso, então é uma boa recompensa para a equipe. Nós fizemos um bom trabalho hoje.”

O companheiro de equipe de Hulk, Carlos Sainz, estava na disputa para conseguir levar os dois carros franceses aos pontos. Ele foi o décimo na pista, mas uma penalidade de dez segundos por ultrapassar o Marcus Ericsson da Sauber com o Safety Car o tirou dos pontos.

“Foi uma corrida difícil para mim no final. Fizemos uma boa largada, mas depois me espremi e perdi um pouco de impulso”, explicou Sainz.

“A corrida se estabeleceu depois disso e estávamos em boa posição para marcar pontos antes que a chuva tornasse a pista bastante escorregadia e difícil.”

“Infelizmente, parei para o pneu intermediário na volta antes de Vettel bater, então tivemos um pouco de azar com o timing. Terminamos no top-10, mas a penalidade acabou com nossas chances de garantir pontos, o que é decepcionante e vamos analisar o que aconteceu lá.”

Chefe fala que ritmo de Hamilton pressionou Vettel a errar

Artigo anterior

Chefe fala que ritmo de Hamilton pressionou Vettel a errar

Próximo artigo

Pai de Lance Stroll teria comprado Force India, diz site

Pai de Lance Stroll teria comprado Force India, diz site
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1