Ricciardo domina sexta na Hungria; Vettel é 2º e Hamilton 5º

Em treino marcado por acidentes, australiano se aproveita de bom desempenho da Red Bull e fica na frente; Massa é 15º

Ricciardo domina sexta na Hungria; Vettel é 2º e Hamilton 5º
Lewis Hamilton, Mercedes-Benz F1 W08 Hybrid
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70-H
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13
Renault Sport F1 Team RS17 front suspension and chassis detail
Lewis Hamilton, Mercedes-Benz F1 W08
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17, Sebastian Vettel, Ferrari SF70-H and bue flags
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Force India VJM10 nose and front wing detail
Daniil Kvyat, Scuderia Toro Rosso STR12
Lance Stroll, Williams FW40
Carregar reprodutor de áudio

Vencedor do GP da Hungria em 2014 e no pódio nos últimos dois anos, Daniel Ricciardo provou mais uma vez que Budapeste é uma de suas pistas favoritas garantindo o primeiro lugar nos dois treinos livres disputados nesta sexta-feira (28) em Hungaroring.

Com as atualizações da Red Bull, o piloto do carro 3 cravou o tempo de 1min18s455, superando o líder do campeonato, Sebastian Vettel, por 0s183 ao final dos 90 minutos de TL2.

Terceiro no mundial, Valtteri Bottas ficou também com o terceiro tempo do dia em Budapeste, logo à frente do compatriota Kimi Raikkonen.

Vencedor na Grã-Bretanha, Lewis Hamilton não usou pneus supermacios novos e ficou com o quinto lugar nesta sessão. Também sem usar supermacios novos, Max Verstappen foi o sexto, a 0s496 de Ricciardo.

Felipe Massa não fez boa sessão, apesar de não ter utilizado os pneus supermacios novos. O brasileiro rodou por duas vezes, reclamou do balanço do carro e terminou o TL2 apenas em 15º.

A sessão foi marcada por um forte acidente do alemão Pascal Wehrlein da Sauber. O piloto perdeu a traseira de seu carro na curva 11 e bateu de frente na proteção de pneus, ricocheteando para o lado em seguida. A sessão foi paralisada com bandeira vermelha, mas o piloto não sofreu nada.

No fim da sessão, Jolyon Palmer também trouxe as bandeiras vermelhas após bater na última curva.

Após ter seu carro danificado por Antonio Giovinazzi no primeiro treino livre, Kevin Magnussen apenas entrou na pista nos últimos 15 minutos de sessão e foi o 17º, à frente de Grosjean.

O treino

A segunda sessão desta sexta se iniciou com os pilotos indo para a pista com os pneus macios. Bottas fez o melhor tempo no início, mas foi superado por Lewis Hamilton com 1min19s373. Com Daniel Ricciardo superando seu tempo, o britânico foi rápido para melhorar para 1min18s779.

A liderança absoluta de Hamilton durou até o 31º minuto de treino, quando Vettel entrou na pista de pneus supermacios e tirou o britânico do primeiro lugar, com 1min18s638. Raikkonen veio em seguida e fez a dobradinha da Ferrari.

O finlandês foi passado por seu compatriota, Valtteri Bottas. Logo em seguida, Kimi teve um problema de acelerador no seu carro, que foi corrigido pela Ferrari instantaneamente.

Também de supermacios, Daniel Ricciardo foi para primeiro cravando 1min18s455.

Com 40 minutos para o fim, Pascal Wehrlein perdeu a traseira de seu carro na curva 11 e trouxe a bandeira vermelha ao bater forte nas proteções de pneus. O piloto não sofreu nada.

Na volta, o resultado se manteve, com Hamilton e Verstappen não utilizando os pneus supermacios.

O treino ainda contou com um acidente de Jolyon Palmer na última curva, que trouxer a bandeira vermelha a 20 minutos do fim.

O terceiro treino livre que antecede a classificação tem início marcado para as 6h deste sábado. A classificação acontece às 9h.

Confira o resultado:

Pos.PilotoChassiMotorVts.TempoDif.
1 australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 32 1'18.455  
2 germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 28 1'18.638 0.183
3 finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 33 1'18.656 0.201
4 finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 28 1'18.755 0.300
5 united_kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes 31 1'18.779 0.324
6 netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG 25 1'18.951 0.496
7 germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 33 1'19.714 1.259
8 spain Fernando Alonso  McLaren Honda 31 1'19.815 1.360
9 spain Carlos Sainz Jr.  Toro Rosso Renault 35 1'19.834 1.379
10 belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Honda 18 1'19.909 1.454
11 france Esteban Ocon  Force India Mercedes 34 1'20.126 1.671
12 mexico Sergio Perez  Force India Mercedes 33 1'20.266 1.811
13 russia Daniil Kvyat  Toro Rosso Renault 37 1'20.577 2.122
14 canada Lance Stroll  Williams Mercedes 31 1'20.791 2.336
15 brazil Felipe Massa  Williams Mercedes 22 1'20.869 2.414
16 united_kingdom Jolyon Palmer  Renault Renault 12 1'21.175 2.720
17 denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 11 1'21.345 2.890
18 france Romain Grosjean  Haas Ferrari 25 1'21.504 3.049
19 sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 31 1'21.559 3.104
20 germany Pascal Wehrlein  Sauber Ferrari 16 1'21.722 3.267
compartilhar
comentários
Sauber anuncia permanência dos motores Ferrari em 2018
Artigo anterior

Sauber anuncia permanência dos motores Ferrari em 2018

Próximo artigo

Prost critica Halo: “Vai contra o DNA da Fórmula 1”

Prost critica Halo: “Vai contra o DNA da Fórmula 1”