Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
63 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
77 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
84 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
112 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
140 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
147 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
161 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
168 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
182 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
196 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
203 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
217 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
231 dias

Verstappen reconhece: “Quinto lugar era o resultado máximo”

compartilhar
comentários
Verstappen reconhece: “Quinto lugar era o resultado máximo”
1 de set de 2018 16:52

Max Verstappen admitiu que não conseguiria ir além do quinto lugar no grid de largada para o GP da Itália, mesmo que venha utilizando uma versão atualizada do motor Renault para a prova.

Verstappen, assim como seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo, utilizam em Monza a especificação C da unidade de potência francesa. Apenas a Red Bull conta com a novidade, já que McLaren e a própria Renault preferiram evitá-la para não correr riscos com a confiabilidade do conjunto.

Porém, mesmo que a novidade traga alguma potência a mais, Verstappen afirmou que as duplas de Ferrari e Mercedes estavam fora de seu alcance.

“Tentamos tirar tudo e o quinto lugar foi o resultado máximo hoje”, disse. “Estamos bem distantes da ponta. Não tive vácuo na minha volta final do Q3, e não acho que eu teria ficado mais à frente no grid mesmo se eu tivesse. Talvez estaríamos um pouco mais perto.”

Verstappen, contudo, reconheceu os ganhos com o motor Renault. “É definitivamente um pouco melhor. Talvez um décimo e meio. Tomara que isso nos coloque mais perto da frente, mas a diferença é grande.”

Ricciardo, que não participou do Q2 por largar do fundo do grid devido a uma punição, também destacou os ganhos com a atualização da Renault.

“Senti que tínhamos ainda mais, especialmente porque dei só uma volta na classificação. Acredito que ele ainda não foi otimizado naquela volta, mas já senti que a curva de torque continuou crescendo”, afirmou.

“Com certeza teremos mais potência na corrida quando quisermos. Então, tem sido bom.”

Próximo artigo
Magnussen detona Alonso: ele pensa que é um deus

Artigo anterior

Magnussen detona Alonso: ele pensa que é um deus

Próximo artigo

VÍDEO: Confira o grid de largada do GP da Itália de F1

VÍDEO: Confira o grid de largada do GP da Itália de F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Itália