Fórmula 1
03 jul
-
05 jul
Evento encerrado
10 jul
-
12 jul
Corrida em andamento . . .
R
GP da Hungria
17 jul
-
19 jul
Próximo evento em
4 dias
31 jul
-
02 ago
Próximo evento em
18 dias
R
GP de 70º aniversário
07 ago
-
09 ago
Próximo evento em
25 dias
28 ago
-
30 ago
Próximo evento em
46 dias
04 set
-
06 set
Próximo evento em
53 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
25 set
-
27 set
Próximo evento em
74 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
-
25 out
Próximo evento em
102 dias
R
GP do México
30 out
-
01 nov
Próximo evento em
109 dias
13 nov
-
15 nov
Próximo evento em
123 dias
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
-
29 nov
Próximo evento em
137 dias

Vettel relata que ficou sem bateria no final do Q3 em Spa

compartilhar
comentários
Vettel relata que ficou sem bateria no final do Q3 em Spa
25 de ago de 2018 17:11

Alemão aponta que perdeu potência extra de seu ERS-K durante sua última volta na classificação na Bélgica

Sebastian Vettel afirmou que ficou sem bateria em sua unidade de potência por boa parte de sua volta final na classificação para o GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps.

Nas atuais unidades turbo híbridas, a bateria é importante para alimentar o ERS-K, que é o motor elétrico do conjunto. A peça é responsável por fornecer 160 cv por, no máximo, 33s durante uma volta.

Como recarregar a bateria implica em perda de performance, evita-se ao máximo recarregá-la durante a volta rápida em classificação. Por isso, é importante que os carros estejam de bateria cheia no início da volta para que essa quantia máxima seja entregue.

Vettel relatou, no entanto, que não deixou sua bateria totalmente cheia para o início de sua volta final no Q3, já que não queria sacrificar uma oportunidade nas condições climáticas instáveis em Spa. Assim, ele ficou sem o recurso na parte derradeira da sessão.

“Foi estranho. Não estava chovendo, não estava seco, estava algo ali no meio termo”, observou. “Eu estava forçando, porque não sabia se haveria alguma bandeira vermelha se alguém escapasse nessas condições.”

“Foi um pouco caótico e não foi ótimo do ponto de vista de gestão, já que você não sabe se a pista vai secar mais e se há mais por vir. Ficamos sem bateria na última volta por quase a volta inteira, e isso nos custou bastante. Não foi um bom final para o que era uma ótima classificação até aquele momento.”

No entanto, Vettel acredita que está com um conjunto forte o suficiente para lutar com Hamilton. “Começamos em segundo, o que nos coloca em uma ótima posição. Temos carro para lutar e para ultrapassar”, disse.

Próximo artigo
Confira o grid de largada do GP da Bélgica de F1

Artigo anterior

Confira o grid de largada do GP da Bélgica de F1

Próximo artigo

Hamilton e Vettel se indignam com impasse de Ocon na F1

Hamilton e Vettel se indignam com impasse de Ocon na F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Bélgica