GT Sprint Race: Nove pontos separam líderes na PROAM

Pequena diferença separa primeiros colocados com uma etapa para o fim da temporada

GT Sprint Race: Nove pontos separam líderes na PROAM

Uma categoria tão equilibrada como a GT Sprint Race, na qual o que sobressai é a habilidade dos pilotos, nada mais normal do que uma disputa acirrada pelos pontos na briga pelo título do torneio Brasil. Isso pode ser confirmado na disputa da categoria PROAM, com os quatro primeiros colocados bem próximos e todos com chances de conquistar a temporada 2021.

O primeiro lugar é de Pedro Aizza (GTSR#35), 183 pontos, seguido por Francesco Franciosi (GTSR#73), com 177 pontos, vindo em terceiro Rafael Dias (GTSR#13), com 174, em quarto Pedro Costa/Antonio Junqueira (GTSR#161), com 130 pontos e em quinto Pedro Ferro (GTSR#03), com 122.

Leia também:

Como o calendário prevê mais duas corridas, a situação deve ficar ainda mais emocionante, com os postulantes ao título buscando os melhores resultados possíveis. A prova decisiva acontecerá em 5 de dezembro, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais. Pilotos estarão em busca da primeira colocação e dos 75 pontos possíveis para sua classificação final no campeonato, serão 25 pontos computados para o treino classificatório e 50 para as duas corridas finais (25 em cada).

Confiante com a liderança, Pedro Aizza afirma que precisa continuar aprendendo e manter os pés no chão nesta reta final: “Este ano foi de bastante aprendizado e muita evolução nesta que é a minha primeira participação na GT. Graças à sequência de vitórias nas etapas iniciais que nos deram uma soma boa de pontos, vamos para a final com excelentes expectativas”, declarou o curitibano.

“O campeonato está bem acirrado e a briga pela liderança foi sempre com poucos pontos de vantagem na tabela. Principalmente, pela dificuldade de levar o lastro (peso extra) para as corridas, com 30 quilos a mais, por isso tinha que preparar mais e alinhar os meus erros em cada traçado para superar os demais. Estou com foco total no nacional nessa última etapa. O segredo é seguir passo a passo, corrida a corrida para conquistar os quatro títulos possíveis para 2021, o Special Edition já conquistado, e buscar o Brasil, Rookie e Overall”, completa Aizza.

Por sua vez, Francesco Franciosi, em seu segundo ano, aposta na estratégia de somar o maior número de pontos. “O objetivo é manter um ritmo crescente nos treinos para ficar o mais à frente possível no classificatório e nas corridas. Estamos em vice no campeonato, há apenas seis pontos do primeiro colocado, então o campeonato está muito acirrado, todos os primeiros colocados na tabela de classificação ainda têm chances”, explica o piloto representante da região Oeste da Bahia.

Rafael Dias segue próximo dos primeiros colocados, na terceira colocação, com nove pontos do líder e dois do vice. Com apenas um descarte no torneio nacional em regulamento o piloto diz que quer o título e pretende intensificar a preparação nesta reta final. “Esse é nosso foco a cada etapa. O objetivo, agora, é conquistar os bons resultados em todas as corridas”, afirma o piloto de São Bernardo do Campo/SP.

“Os adversários são fortes, mas sabemos que a velocidade está sempre conosco em condições normais. Isso nos dá tranquilidade na hora da decisão nesta última etapa. O mais inteligente é trabalhar sério nos treinos, correr consciente como fizemos até aqui, faremos o nosso melhor. Ser campeão ou não vai ser consequência disso”, ressalta.

Em quarto lugar, os paulistanos Pedro Costa e Antonio Junqueira ressaltam o bom momento. “Nas últimas duas corridas, pontuamos bem e iremos fortes para a grande final”, esclarece Pedro. “Queremos fechar o ano com chave de ouro e com boas disputas. Que venha a etapa #Matchpoint”, conclui Junqueira.

Em 2021, o calendário da GT Sprint Race está dividido em duas séries e nove etapas, sendo oito praças diferentes: o campeonato nacional, com seis etapas (duas corridas em cada), – Velocitta (SP), Interlagos (SP), Cascavel (PR), Londrina (PR) e duas em Curitiba (PR) –, e as três etapas da “Special Edition” – Goiânia (GO), Tarumã (RS) e Potenza (MG) –, com três corridas cada. Da somatória dessas séries, sairá os campeões do Overall nas suas respectivas classes: PRO, PROAM e AM.

Classificação da GT Sprint Race Brasil (após cinco etapas, 10 corridas)

PRO

1) #04 Julio Campos /Léo Torres, 191 pontos

2) #82 Gerson Campos, 149

3) #21 Thiago Camilo/Beto Cavaleiro, 147

4) #01 Alex Seid/Marcelo Henriques, 138

5) #11 Weldes Campos, 135

6) #19 Luciano Zangirolami, 133

7) #83 Gabriel Casagrande/Eduardo Pavelski, 131

8) #25 Eduardo Trindade/Sérgio Ramalho, 123

9) #77 Nathan Brito, 122

10) #19 Paulo Salustiano, 39

AM

1) #37 Luis Debes, 190 pontos

2) #31 Caê Coelho, 182

3) #17 Walter Lester, 170

4) #31Adriano Ramos, 150

5) #72 Giovani Girotto, 102

6) #12 Marcus Índio, 78

7) #59 Danny Candia, 53

8) #33 Bruno Campos, 50

9) #09 Léo Yoshii, 32

10) #33 Emilio Padron, 30

11) #12 Rafael Maeda, 28

12) #59 Oscar Bittar, 25

13) #90 José Vitte, 24

14) #07 Pedro Bezerra, 16

PROAM

1) #35 Pedro Aizza, 183 pontos

2) #73 Francesco Franciosi, 177

3) #13 Rafael Dias, 174

4) #161 Pedro Costa/Antonio Junqueira, 130

5) #03 Pedro Ferro, 122

6) #793 Adalberto Baptista, 97

7) #03 Lourenço Beirão, 39

8) #12 Zezinho Muggiati/Edgar Bueno Neto, 26

Veja como foi a etapa noturna de Londrina

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #146: Hamilton teve a maior exibição da carreira no Brasil?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
RETA FINAL: Verstappen e Hamilton vão bater como Senna e Prost? Wolff projeta 'treta' e atração recebe pilotos da GT Sprint Race
Artigo anterior

RETA FINAL: Verstappen e Hamilton vão bater como Senna e Prost? Wolff projeta 'treta' e atração recebe pilotos da GT Sprint Race

Próximo artigo

GT Sprint Race: Tudo igual na divisão AM

GT Sprint Race: Tudo igual na divisão AM
Carregar comentários