IndyCar
20 set
-
22 set
Evento encerrado

Dixon arrisca na estratégia e vence em Mid-Ohio

compartilhar
comentários
Dixon arrisca na estratégia e vence em Mid-Ohio
Por:
28 de jul de 2019 21:58

Vitória é a 45ª do piloto da Ganassi na IndyCar e sexta do neozelandês no circuito

Oitavo do grid de largada, Scott Dixon venceu a etapa de Mid-Ohio, disputada neste domingo no circuito misto da cidade de Lexington. Para chegar na frente, Dixon apostou todas suas fichas quando colocou pneus macios a 30 voltas do final, mas consegui se manter na ponta para conquistar sua 45ª vitória na IndyCar e sexta dele no circuito.

A segunda posição ficou com o companheiro do neozelandês na Ganassi Felix Rosenqvist e Ryan Hunter-Reay, da Andretti completou o pódio em terceiro.

Leia também:

O líder do campeonato, Josef Newgarden, que vinha na quarta posição, tentou ultrapassar Hunter-Reay na última volta, mas rodou, escapou da pista e acabou abandonando a corrida. Entre os brasileiros Matheus Leist e Tony Kanaan terminaram em 18º e 20º, respectivamente.

A corrida

Logo na largada, o pole position Will Power arrancou na frente, seguido por Alexander Rossi em segundo e Josef Newgarden em terceiro. Enquanto isso, Marcus Ericsson, o 12º do grid, foi tocado por Takuma Sato, escapou da pista, mas com o carro danificado foi obrigado a abandonar a corrida.

Mais atrás, Matheus Leist saltou da 21ª posição da largada e em poucas voltas subiu para o 16º posto, seguido por Tony Kanaan, que largou em 23º, na 17ª posição.

Power, que largou com pneus macios e vinha sofrendo com o desgaste dos compostos, pois ainda não havia parado para trocar pneus e reabastecer, não conseguiu segurar a pressão e acabou perdendo a liderança para Felix Rosenqvist na 25ª volta.

Pouco depois, Power fez sua parada, seguido por Scott Dixon. Uma volta mais tarde, Rosenqvst parou e a liderança acabou indo para Josef Newgarden.

De volta à pista, Dixon começou a perseguir Power e ambos começaram a disputar a décima posição em uma briga que teve até um toque entre os dois, até que na 35ª volta Dixon conseguiu passar.

Na 41ª volta, Newgarden, então líder, parou para reabastecer e trocar pneus, mas a equipe teve problemas na hora de colocar o combustível no carro e o piloto perdeu muito tempo no pit. O problema acabou dando a liderança da corrida a Rosenqvist, com Spencer Pigot em segundo e Scott Dixon em terceiro.

De volta à pista na sétima posição e com pneus frios, Newgarden passou a sofrer forte pressão de seu companheiro de Penske Simon Pagenaud, mas o máximo que o francês consegue é perseguir Newgarden de perto.

Pouco depois, Rosenqvist e Pigot pararam e a liderança foi para as mãos de Dixon, que seguia tranquilo com uma vantagem de mais de dez segundos sobre Will Power, àquela altura vice-líder da prova.

Na 54ª volta, enquanto Dixon seguia folgado na ponta mais de 15 segundos na frente, Will Power e Rosenqvist protagonizaram uma intensa disputa pela segunda posição, vencida pelo sueco da Ganassi depois de uma bela briga com o australiano da Penske.

A liderança só saiu das mãos de Dixon a 30 voltas do final da corrida, depois que o neozelandês precisou fazer sua terceira e última parada, mas voltou à ponta seis voltas mais tarde, depois que todos os adversários fazerem seus pitstops para não sair mais de lá até receber a bandeirada quadriculada para conquistar sua sexta vitória em Mid-Ohio e 45ª na Indy.

A segunda posição ficou com Felix Rosenqvist, que chegou a pressionar Dixon na última volta, mas não conseguiu superar o neozelandês. Ryan Hunter-Reay completou o pódio na terceira posição.

Próximo artigo
Will Power supera Rossi e conquista 57ª pole da carreira

Artigo anterior

Will Power supera Rossi e conquista 57ª pole da carreira

Próximo artigo

Fernando Alonso completa 38 anos sem saber onde correr em 2020

Fernando Alonso completa 38 anos sem saber onde correr em 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Evento Mid-Ohio
Autor Daniel Betting