IndyCar
20 set
-
22 set
Evento encerrado

Newgarden segura Rossi no fim e vence no Texas; Kanaan é 16º

compartilhar
comentários
Newgarden segura Rossi no fim e vence no Texas; Kanaan é 16º
9 de jun de 2019 02:45

Piloto da Penske contou com grande estratégia da Penske e soube se manter à frente nas voltas finais, após pressão de Alexander Rossi

O Texas foi o local da nona corrida da temporada 2019 da Indy, neste sábado. Mais uma vez, a Penske e a competência de Josef Newgarden o fizeram chegar ao victory lane (veja fotos abaixo), com a terceira vitória do campeonato, sua 13ª da carreira.

Leia também:

A estratégia da equipe foi preponderante, já que após a última parada nos pits da maioria dos pilotos, o dono do carro #2 foi o último a trocar pneus e reabastecer, após conseguir abrir distância na liderança. Quando retornou, ele conseguiu administrar a ponta, mesmo recebendo grande pressão de Alexander Rossi nas voltas finais.

Graham Rahal foi o terceiro colocado, seguido de Santino Ferrucci e Ryan Hunter-Reay completando o top-5.

Os brasileiros, mais uma vez ficaram devendo. Matheus Leist abandonou com problemas na direção logo no início e Tony Kanaan foi apenas o 16º.

A Corrida

A largada para a etapa do Texas da Indy foi limpa, com o pole, Takuma Sato, se mantendo à frente, seguido de Scott Dixon e Ryan Hunter-Reay. Os brasileiros ocupavam as duas últimas posições nos primeiros giros. Com 30, ambos já tinham perdido uma volta para o líder.

O japonês conseguiu se manter com margem de um segundo sobre o atual campeão da Indy e a partir da 55ª volta a janela de pit stops estava aberta.

Mas Sato acabou errando o ponto do seu pit, levando a mangueira e um de seus mecânicos. Com a confusão, a perda de tempo e punição (stop and go), ele retornou em 22º, três voltas atrás do novo líder, Hunter-Reay. O mecânico, Chris Welch, chegou a ser examinado pelos médicos e foi liberado pouco tempo depois.

 

Antes da 90ª volta, Matheus Leist abandonou a corrida com problemas na direção. Pouco depois, foi a vez de Charlie Kimball fazer o mesmo.

Quem crescia na prova era o novato Colton Herta, que pulou da quinta para a terceira posição na volta 110, superando Alexander Rossi e James Hinchcliffe.

O líder, Hunter-Reay abriu o segundo ciclo de paradas em bandeira verde, na 115ª volta. Dixon, que era o segundo colocado, parou nove giros depois, exatamente na metade da corrida.

Quando todos pararam, Hunter-Reay manteve a ponta, a mais de três segundos de Dixon. Kanaan era o 17º, três voltas atrás.

A primeira bandeira amarela veio na 135ª volta, com Zach Veach, que rodou e bateu no muro na saída da curva 2, ele ainda tentou corrigir por toda a reta oposta e rodou na entrada da curva 3.

 

A relargada aconteceu na 144ª volta, com os seis primeiros colocados utilizando motores Honda. Simon Pagenaud era o Chevrolet mais bem colocado, em sétimo.

Na volta 162, Dixon assumia a liderança, ultrapassando Hunter-Reay. Rossi, Hinchcliffe e Herta completavam o top-5. Kanaan era o 19º, após pagar um drive-thru por queima de relargada.

Dixon e Rossi se revezaram na liderança, até o piloto da Andretti ir para os pits na volta 188, junto com a maioria do grid. O astro da Ganassi fez sua parada na 191.

Ao final do ciclo, tínhamos um novo líder: Josef Newgarden, que foi um dos últimos a parar e se manteve na ponta. Hunter-Reay, Dixon, Rossi e Hinchcliffe faziam parte dos cinco primeiros.

Faltando 33 giros, Dixon superava Hunter-Reay pela segunda colocação e tentaria tirar quase dois segundos de margem que Newgarden tinha.

Restando 29 para o final, Hinchcliffe causou a segunda bandeira amarela, em um lance parecido com o acidente de Veach, tocando com a traseira direita no muro da curva 2 só que dando novo toque na parte interna.

O recomeço aconteceu com 22 para o fim e Newgarden conseguiu manter a ponta na marra, após pressão de Dixon.

O atual campeão se enroscou com Herta e ambos acabaram se tocando e rodando, trazendo nova amarela.

 

A relargada ocorreu com 12 para o fim, com Newgarden na ponta, seguido de Rossi, Rahal, Ferrucci e Hunter-Reay, que fez pit stop durante a amarela.

A briga ficou isolada entre Newgarden e Rossi, com o piloto da Penske se segurando e conseguindo a terceira vitória do ano. Rossi, Rahal, Ferrucci e Hunter-Reay completaram o top-5. Tony Kanaan completou em 16º.

A Indy volta no dia 23 de junho, em Road America.

Galeria
Lista

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet
1/5

Foto de: Scott R LePage / Motorsport Images

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet
2/5

Foto de: Scott R LePage / Motorsport Images

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet
3/5

Foto de: Scott R LePage / Motorsport Images

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet
4/5

Foto de: Scott R LePage / Motorsport Images

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet

Josef Newgarden, Team Penske Chevrolet
5/5

Foto de: Scott R LePage / Motorsport Images

Resultado final:

Cla   # Piloto Equipe Voltas Tempo Diferença Intervalo Mph Pits Abandono Pontos
1   2 United States Josef Newgarden  Team Penske 248 1:55'08.8666     186.084 4    
2   27 United States Alexander Rossi  Andretti Autosport 248 1:55'09.6830 0.8164 0.8164 186.062 3    
3   15 United States Graham Rahal  Rahal Letterman Lanigan Racing 248 1:55'10.3594 1.4928 0.6764 186.044 3    
4   19 United States Santino Ferrucci  Dale Coyne Racing 248 1:55'10.5932 1.7266 0.2338 186.038 3    
5   28 United States Ryan Hunter-Reay  Andretti Autosport 248 1:55'11.0685 2.2019 0.4753 186.025 4    
6   22 France Simon Pagenaud  Team Penske 248 1:55'11.7455 2.8789 0.6770 186.007 3    
7   7 Sweden Marcus Ericsson  Schmidt Peterson Motorsports 248 1:55'12.7937 3.9271 1.0482 185.979 5    
8   18 France Sébastien Bourdais  Dale Coyne Racing 248 1:55'13.1972 4.3306 0.4035 185.968 4    
9   12 Australia Will Power  Team Penske 247 1:55'13.4299 1 Lap 1 Lap 185.212 5    
10   98 United States Marco Andretti  Andretti Autosport 247 1:55'13.8837 1 Lap 0.4538 185.200 4    
11   59 United States Conor Daly  Carlin 247 1:55'14.5017 1 Lap 0.6180 185.183 4    
12   10 Sweden Felix Rosenqvist  Chip Ganassi Racing 246 1:55'15.5634 2 Laps 1 Lap 184.405 6    
13   20 United States Ed Carpenter  Ed Carpenter Racing 246 1:55'15.7976 2 Laps 0.2342 184.399 5    
14   21 United States Spencer Pigot  Ed Carpenter Racing 246 1:55'17.4316 2 Laps 1.6340 184.355 4    
15   30 Japan Takuma Sato  Rahal Letterman Lanigan Racing 245 1:55'15.3129 3 Laps 1 Lap 183.662 6    
16   14 Brazil Tony Kanaan  A.J. Foyt Enterprises 245 1:55'17.8080 3 Laps 2.4951 183.596 6    
17   9 New Zealand Scott Dixon  Chip Ganassi Racing 228 1:43'10.3270 20 Laps 17 Laps 190.935 3 Acidente  
18   88 United States Colton Herta  Harding Racing 228 1:43'10.5497 20 Laps 0.2227 190.928 3 Acidente  
19   5 Canada James Hinchcliffe  Schmidt Peterson Motorsports 218 1:35'37.5388 30 Laps 10 Laps 196.968 3 Acidente  
20   26 United States Zach Veach  Andretti Autosport 172 1:33'01.8163 76 Laps 46 Laps 159.742 3 Handling  
21   23 United States Charlie Kimball  Carlin 86 36'22.1445 162 Laps 86 Laps 204.305 2 Mechanical  
22   4 Brazil Matheus Leist  A.J. Foyt Enterprises 73 34'44.9580 175 Laps 13 Laps 181.506 2 Handling  

 

 

Próximo artigo
Indy: Sato “voa” no Texas e conquista pole position; Leist é 20º

Artigo anterior

Indy: Sato “voa” no Texas e conquista pole position; Leist é 20º

Próximo artigo

VÍDEO: Sato erra box e atropela mecânico de sua própria equipe

VÍDEO: Sato erra box e atropela mecânico de sua própria equipe
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Evento Texas