Le Mans 24 Horas de Le Mans

Apesar de abandono, Nicolas Costa lidera em Le Mans e sai satisfeito

Apesar de abandonar por quebra do câmbio, faltando quatro das 24 horas, brasileiro saiu feliz da França: “Era como estar no filme Ford x Ferrari”

#59 United Autosports McLaren 720S LMGT3 Evo: James Cottingham, Nicolas Costa, Gregoire Saucy

#59 United Autosports McLaren 720S LMGT3 Evo: James Cottingham, Nicolas Costa, Gregoire Saucy

Foto de: Marc Fleury

O carioca Nicolas Costa fez uma ótima estreia nas 24 Horas de Le Mans, principal prova do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC), que teve largada na tarde de sábado e foi encerrada neste domingo (15 e 16/06), na França. Costa saiu-se muito bem e teve o desempenho bastante elogiado depois de conduzir o McLaren 720S LMGT3 Evo da equipe United Motorsports por mais de cinco horas, inclusive durante uma fase chuvosa e, na sequência, com neblina.

Leia também:

O carro do brasileiro, cuja pilotagem foi compartilhada com o suíço Grégoire Saucy e o britânico James Cottingham, foi o McLaren que mais liderou a corrida na categoria GT3, que reúne supercarros adaptados para competição. “Eu não tinha realizado nenhum treino sob chuva e, com pouca visibilidade, isso era uma preocupação. Mas me saí bem, não cometi erros e entreguei o carro em boas condições. Foi tenso, mas inesquecível para um piloto de carreira como eu”, observou o Nicolas, que compete no Mundial com apoio da PRIO, empresa petroleira baseada no Rio de Janeiro.

Vivendo um filme – Como estreante, Nicolas viveu pela primeira vez o clima de Le Mans, uma prova que mescla tradição, grandiosidade e modernidade. “Desde o início, com o desfile dos pilotos pelo centro da cidade na quinta-feira, era como estar vivendo o filme Ford x Ferrari. O público, a pista, os carros, as pessoas envolvidas: é um mix inacreditável que só um evento que atrai pessoas do mundo inteiro e investimentos milionários pode proporcionar a um atleta. Espero poder voltar no ano que vem, ainda mais preparado para tentar o pódio, que seria sensacional, completou.

Faltando quatro horas para o fim da prova, o McLaren do brasileiro parou por quebra do câmbio, quando era conduzido pelo suíço Grégoire Saucy, o que encerrou a tentativa de pódio da equipe, que vinha mostrando estar entre as favoritas. A vitória na categoria GT3 coube ao trio Yasser Shain (Austrália/Palestina), Morris Schring (Holanda) e Ricahrd Lietz (Holanda), que conduziu um Porsche 911 GT3 R LMGT3 da equipe Manthey EMA. O experiente brasileiro Augusto Farfus, em parceria com o britânico Darren Leung e o indonésio Sean Galael, no BMW M4 LMGT3 da equipe Team WRT, terminou no segundo lugar.

A próxima etapa do Campeonato Mundial de Endurance será realizada em Interlagos. Com ingressos já a venda, a Rolex 6 Horas de São Paulo será disputada no dia 14 de julho.

VILLENEUVE tem RAZÃO sobre RICCIARDO? Ou "BATEU A CABEÇA", como diz Daniel? NARRADOR provoca piloto!

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Ouça o Pódio Cast #14, com as histórias de Alex Barros na MotoGP

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Ferrari ‘sobrevive’ em Le Mans e brilha pelo segundo ano seguido; Farfus garante pódio na LMGT3
Próximo artigo F1: Com futuro incerto, Drugovich espera que estreia em Le Mans "abra portas"

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil