Márquez: Se eu quiser levar o título aqui, vou ter que vencer

Após a pole de Andrea Dovizioso, está claro para o piloto da Honda de que o título só virá com triunfo

Márquez: Se eu quiser levar o título aqui, vou ter que vencer

Marc Márquez vê em Andrea Dovizioso um rival perigoso neste fim de semana e o coloca como favorito, o que traduz, com base nas suas opções para ser campeão neste fim de semana, que ele deve arriscar e vencer a corrida, já que o italiano vai lutar pela vitória.

As coisas começaram piorar para Márquez no final do TL4, quando ele foi para o chão e ficou com apenas uma moto para o Q2.

"Eu caí com a moto que me sentia melhor. A segunda moto tinha uma configuração diferente. De qualquer forma, temos uma boa base para amanhã e o objetivo é chegar ao pódio. Enfim, se houver chances de pódio.”

"Esta queda me prejudicou na classificação. Foi por minha causa e não tivemos tempo de mudar a configuração de uma moto para a outra. Fui ao Q2 um pouco condicionado por isso".

Leia também:

Embora não tenha se machucado, Márquez foi para o chão em uma curva muito rápida.

"A queda foi na curva em que vou mais rápido do circuito", especificou.

Pensando no título, as opções de Marc vão, basicamente, terminar à frente de Dovizioso.

"Se eu quiser tentar conquistar o título amanhã, terei que vencer. A princípio, há mais possibilidades do que há dois anos, mas não há tantas como em Valência no ano passado, quando consegui administrar mais.”

"Dovi é muito forte aqui, ele tem um pouco mais do que o resto, mas certamente meu ritmo também é bom", acrescentou.

Márquez nunca fez a pole no Japão, nem é uma pista onde ele está completamente confortável.

"Melhoramos a estabilidade da frenagem, mas a característica da moto é diferente. Digamos que fizemos alterações na moto que vão na direção oposta ao que eu preciso", completou.

compartilhar
comentários
Bautista é favorito para substituir Lorenzo em Phillip Island

Artigo anterior

Bautista é favorito para substituir Lorenzo em Phillip Island

Próximo artigo

“Voltamos à nossa realidade”, diz Rossi após 9º no Japão

“Voltamos à nossa realidade”, diz Rossi após 9º no Japão
Carregar comentários