MotoGP
21 ago
Evento encerrado
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
Canceled
15 out
Evento encerrado
16 out
Evento encerrado
R
GP da Austrália
23 out
Canceled
R
GP de Teruel
23 out
Próximo evento em
2 dias
R
GP da Malásia
29 out
Canceled
R
GP da Europa
06 nov
Próximo evento em
16 dias
R
GP de Valência
13 nov
Próximo evento em
23 dias
R
GP de Portugal
20 nov
Próximo evento em
30 dias

Mercado da MotoGP: cinco pilotos disputam três assentos

compartilhar
comentários
Mercado da MotoGP: cinco pilotos disputam três assentos
Por:
Co-autor: Jamie Klein

Confira como está o grid da MotoGP para 2017 e quem ainda disputa vaga para a temporada do próximo ano

Loris Baz, Avintia Racing
Yonny Hernandez, Aspar MotoGP Team
Hector Barbera, Avintia Racing
Stefan Bradl, Aprilia Racing Team Gresini
Eugene Laverty, Aspar MotoGP Team
Alvaro Bautista, Aprilia Racing Team Gresini
Eugene Laverty, Aspar MotoGP Team
Eugene Laverty, Aspar MotoGP Team
Bike of Stefan Bradl, Aprilia Racing Team Gresini and Alvaro Bautista, Aprilia Racing Team Gresini
Yonny Hernandez, Aspar MotoGP Team

A MotoGP tem apenas três lugares ainda abertos em seu grid para a temporada de 2017. Cinco pilotos disputam essas vagas: Alvaro Bautista, Stefan Bradl, Eugene Laverty, Yonny Hernandez e Loris Baz.

Apesar de ainda não estarmos nem na metade da temporada, apenas as equipes Avintia e Aspar (ambas supridas pela Ducati) são as que definitivamente têm assentos disponíveis para 2017. Todas as equipas de fábrica e a maioria das equipes satélites já finalizaram suas formações.

A este respeito, tanto Pramac Ducati e quanto Yamaha Tech 3 deverão confirmar seus line-ups em breve. A Pramac deverá ter Scott Redding e Danilo Petrucci por mais um ano, e a Tech 3 deverá dar a Johann Zarco uma chance na MotoGP.

A Honda declarou em Assen que Jack Miller continua na Marc VDS, enquanto que Tito Rabat deverá manter-se ao lado do australiano no time belga. Piloto da LCR Honda, Cal Crutchlow também confirmou na Holanda sua presença na equipa monegasca para a próxima temporada.

Na Avintia, Hector Barberá já concluiu um acordo para ficar, mas a questão de seu companheiro de equipe permanece em aberto. Apesar de ter previamente sugerido que seu futuro se encontra fora de MotoGP, Stefan Bradl está em negociações para se juntar a Barberá no time espanhol.

Caso o acordo não dê em nada, a Avintia deverá ter Loris Baz pelo segundo ano.

Enquanto isso, é altamente provável que a Aspar tenha Álvaro Bautista (embora isso ainda não esteja confirmado) no ano que vem, piloto campeão mundial pelo time nas 125cc em 2006. Isso faria com que Eugene Laverty e Yonny Hernandez disputassem a vaga restante.

Porém, Laverty indicou que só está interessado em ficar na MotoGP se estiver em uma moto mais atual que a GP14.2 da Ducati (2014), na qual atualmente corre. Um retorno ao Mundial Superbike não está descartado.

Formação da MotoGP para 2017

EquipePilotos
Yamaha

 Valentino Rossi

 Maverick Vinales

Honda

 Marc Marquez

 Dani Pedrosa

Ducati

 Jorge Lorenzo

 Andrea Dovizioso

Suzuki

 Andrea Iannone

 Alex Rins

Aprilia

 Sam Lowes

 Aleix Espargaro

KTM

 Bradley Smith

 Pol Espargaro

Tech 3 Yamaha

 Jonas Folger

 Johann Zarco

LCR Honda  Cal Crutchlow
Marc VDS Honda

 Jack Miller

 Tito Rabat

Pramac Ducati

 Scott Redding

 Danilo Petrucci

Avintia Ducati

 Hector Barbera

A definir

Aspar Ducati

A definir

A definir

Pedrosa: “nunca foi tão difícil para mim andar lá na frente"

Artigo anterior

Pedrosa: “nunca foi tão difícil para mim andar lá na frente"

Próximo artigo

Stoner: foco é ajudar Lorenzo a "conhecer e entender" Ducati

Stoner: foco é ajudar Lorenzo a "conhecer e entender" Ducati
Carregar comentários