MotoGP
R
GP do Catar
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
46 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
60 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
74 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
88 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
102 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
137 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
172 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
200 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
207 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
221 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
235 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
256 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
270 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
278 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
284 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
298 dias

Viñales se desilude com 3º: “é sempre o mesmo problema”

compartilhar
comentários
Viñales se desilude com 3º: “é sempre o mesmo problema”
15 de jul de 2018 15:01

Espanhol consegue grande recuperação no final da prova, mas acha que resultado poderia ser melhor

Depois de se classificar em quarto lugar, Maverick Viñales mais uma vez sofreu com um mau início de corrida na Alemanha neste domingo (15). O piloto, normalmente com performance oscilante nas primeiras voltas, novamente viu os ponteiros disparando na primeira parte do GP em Sachsenring.

Porém, como habitual, com o combustível baixo e pneus gastos, ele voltou a andar bem e se recuperou, tirando de Danilo Petrucci o pódio na penúltima volta da corrida.

Porém, após a prova, quando perguntado se havia gostado de sua atuação, Viñales revelos chateação.

“Na verdade, não. Não estou feliz com o terceiro lugar”, falou o campeão da Moto3 de 2013.

“É sempre o mesmo problema, na eletrônica na saída das curvas.”

“Era impossível de lutar com as Ducatis, e por isso perdi umas sete ou oito voltas lutando com eles quando podia ser um segundo mais rápido.”

“Mas, de qualquer modo, estou feliz. A moto está trabalhando bem, temos um chassi excelente. Nós precisamos nos manter trabalhando.”

Próximo artigo
Rossi revela inspiração em atuação de Folger em 2017 para 2º

Artigo anterior

Rossi revela inspiração em atuação de Folger em 2017 para 2º

Próximo artigo

Márquez: “Quando vi Rossi a 0s6, falei: ‘hora de ir’”

Márquez: “Quando vi Rossi a 0s6, falei: ‘hora de ir’”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP