Stock Car Brasil
R
Santa Cruz do Sul
17 jul
Evento encerrado
24 jul
Evento encerrado
R
Interlagos - Corrida do Milhão
21 ago
Próximo evento em
9 dias
R
Londrina II
11 set
Próximo evento em
30 dias
16 out
Próximo evento em
65 dias
R
06 nov
Próximo evento em
86 dias
R
Goiânia II
20 nov
Próximo evento em
100 dias
R
Interlagos II
11 dez
Próximo evento em
121 dias

Bruno Baptista diz que novo carro da Stock Car tem menos downforce e é mais barulhento

compartilhar
comentários
Bruno Baptista diz que novo carro da Stock Car tem menos downforce e é mais barulhento
17 de jun de 2020 20:50

Piloto da RCM elogiou modelo Corolla testado nesta semana no Autódromo Internacional de Curitiba

Depois de ser diagnosticado com coronavírus em meados de março, Bruno Baptista fez seu primeiro treino no Autódromo Internacional de Curitiba, onde pôde avaliar seu estado físico atual e também o próprio desempenho do novo Toyota Corolla, que utilizará na temporada 2020 da Stock Car.

O carro tem chassi monobloco, motor V8 6.8 movido a etanol, capaz de render 460 cv de potência e torque de 61,2 kgfm em utilização normal e até 550 cv e torque de 71,4 kgfm com o “push to pass” (botão de ultrapassagem acionado).

Leia também:

Equipado com câmbio de dupla embreagem, seis marchas sequenciais e automatizadas, com trocas feitas manualmente por meio de borboletas atrás do volante, o Toyota Corolla agradou o jovem piloto nos três treinos de 40 minutos que fez ao longo do dia na pista paranaense, que terminou praticamente no final do dia.

“Gostei do novo carro, mas como ficou propositadamente com menor carga aerodinâmica (downforce), em relação ao da temporada passada, a sua pilotagem ficou mais arisca. Ou seja, certamente vai dar mais trabalho para os pilotos e a própria equipe para encontrar a melhor aerodinâmica possível entre as retas e curvas de qualquer circuito”, adiantou.

Baptista também achou que o público vai gostar mais das corridas deste ano porque o carro está mais barulhento: “É claro que isso só depois mesmo que for liberada a entrada de pessoas nos autódromos. Acredito e torço para ser o mais breve possível, para que todos voltem a sentir a mesma emoção que eu tive ontem ao entrar com o meu Toyota na pista”.

Na pista, todos os integrantes da equipe utilizaram máscaras pela primeira vez num treino de Stock Car. Para o piloto, a utilização do importante acessório contra a Covid-19 não atrapalhou em quase nada.

“Já estou tão acostumado a usar máscara, que agora até estranho a falta dela quando entro na pista para treinar”, revelou o piloto. Bruno aproveitou para elogiar os organizadores da Stock dizendo que “este primeiro treino foi tão bem administrado em relação às regras contra o  coronavírus, que não tenho dúvida que farão de tudo para os envolvidos no trabalho da primeira corrida ficarem totalmente imunes”.

Bruno Baptista formará dupla com Ricardo Zonta, piloto da Shell, na RCM, que tem um dos comandantes mais laureados na Stock Car, Rosinei Campos, o Meinha.

Como uma 'cagada' de passarinho 'deu sorte' para Zonta na F1

PODCAST: O que a F1 deveria aprender com as demais categorias para melhorar?

 

Após correr risco de ficar fora, Cacá Bueno garante vaga no grid da Stock para 2020

Artigo anterior

Após correr risco de ficar fora, Cacá Bueno garante vaga no grid da Stock para 2020

Próximo artigo

VÍDEO: Bia Figueiredo fala sobre rivalidades do kart e histórias com Piquet, Danica e Andretti

VÍDEO: Bia Figueiredo fala sobre rivalidades do kart e histórias com Piquet, Danica e Andretti
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil