Líder, Fraga ignora recorde de Gomes em Cascavel

Tocantinense mostra confiança em duelo interno com companheiro de equipe: “se ele for mais rápido que eu, vamos ter tempo na corrida para alcança-lo”

Líder, Fraga ignora recorde de Gomes em Cascavel
Felipe Fraga comemora vitória em Santa Cruz do Sul
Gomes e Fraga
Felipe Fraga
Felipe Fraga comemora pole
Felipe Fraga
Fraga comemora no pódio
Felipe Fraga - Velopark - domingo
Felipe Fraga recebe bandeirada em Santa Cruz do Sul
Felipe Fraga
Carro de Felipe Fraga e Rodrigo Sperafico
Felipe Fraga - Velopark - Treino classificatório
Carregar reprodutor de áudio

Ponteando o campeonato por dez pontos após cinco etapas, Felipe Fraga chega cheio de moral à Cascavel (PR) para defender sua liderança na Stock Car. Aos 21 anos, o piloto vem dando trabalho ao atual campeão e companheiro de equipe Marcos Gomes, que atualmente ocupa a segunda posição na tabela.

Disputando a sexta etapa da temporada 2016 em uma das pistas de melhor retrospecto para Gomes, que já ganhou três vezes no Autódromo Zilmar Beux, Fraga não se intimida com a pressão de ser líder ante Marquinhos.

“O fato de ele ter ganho mais corridas aqui não quer dizer que ele é o melhor aqui ou pior em outras pistas”, falou ao Motorsport.com.

“Se ele for mais rápido que eu, vamos ter tempo na corrida para alcança-lo. Acho que vai dar certo.”

“Já nos ajudamos naturalmente. Saio do carro e vou compartilhar meus dados com ele, estando mais rápido ou mais lento. Mesmo estando mais rápido, sempre tem curvas que um é mais rápido que o outro.”

“Mesmo no ano passado, mesmo eu estando mal, em várias classificações eu ajudei ele. Pedi para mudar o carro porque ele iria para a pista logo em seguida e isso deu certo por muitas vezes. Ele sabe disso e já me agradeceu. Eu ia para a pista e sabia que faltava um grauzinho de asa, uma libra no pneu e sempre falava: ‘para o Marcos fazer a pole vai ter que mexer’. Muitas vezes deu certo. Por isso, sempre estamos juntos.”

Perguntado sobre como lida com o fato de estar ao lado do maior rival, o tocantinense comemorou o fato de estar no melhor time da Stock Car no momento.

“Obviamente isso é bom. O campeonato está dentro do time. É melhor do que se estivesse disputando com outro piloto de fora”, acrescentou.

“É melhor para os patrocinadores e para toda a equipe. Eu sempre tratei o Marcos na pista como qualquer outro piloto. Mas a primeira vez que nos pegamos de verdade foi agora em Tarumã.”

“Quase nos tocamos na curva 1 e depois na segunda corrida chegamos a tocar. Mas corrida é isso aí. Não dá para tratar o outro piloto diferente porque ele é da sua equipe. Esse sofrimento eu deixo para o meu chefe, o William (Lube). Ele é que fica preocupado. Eu não ligo para isso.”

“Mas o melhor de tudo é que sempre estamos sendo os mais rápidos, e compartilhamos dados um com o outro sem ciúme. Isso é o que nos faz ir bem neste campeonato.”

Fraga até se disse aliviado de estar disputando o título mais diretamente com Gomes do que com outro piloto. “Existem alguns pilotos que eu não acho muitos limpos aqui dentro.”

“Seria bem pior se fosse com estes pilotos. O fato de estar disputando com o Marcos me tranquiliza, porque conseguimos trabalhar muito bem juntos.”

compartilhar
comentários
Casagrande fala de parceria com cantor Giovani nos palcos
Artigo anterior

Casagrande fala de parceria com cantor Giovani nos palcos

Próximo artigo

Camilo domina primeiro dia de treinos em Cascavel

Camilo domina primeiro dia de treinos em Cascavel