Mattheis critica formato da Stock: “para mim, não é corrida”

Chefe da Red Bull Racing acredita que categoria esteja fadada a perda de interesse graças a provas “sem nexo”

Mattheis critica formato da Stock: “para mim, não é corrida”
Cacá Bueno em Cascavel
Cacá Bueno sai dos pits
Gabriel Casagrande
Felipe Lapenna
Felipe Fraga
Valdeno Brito - Corrida 2 - Velopark
Daniel Serra - Corrida 1 - Velopark
Largada - Corrida 1 - Velopark
Carregar reprodutor de áudio

Sob o formato de rodadas duplas desde o ano de 2014, a Stock Car passou por uma mudança substancial dentro destes moldes neste ano. A partir da terceira corrida, disputada em Goiânia, os pilotos podem apenas abastecer até o 35º minuto da primeira prova, deixando muito difícil algum time conseguir fazer as duas corridas após parar na primeira prova.

Agora, quem tentar vencer a primeira corrida automaticamente abdica de um bom resultado na segunda. A prova é de que nas duas últimas etapas, Max Wilson, Rubens Barrichello, Felipe Guimarães, Thiago Camilo e Allam Khodair (os três últimos saindo do box) se beneficiaram por terem ido muito mal na primeira prova. Ambos escolheram investir na segunda corrida, e recuperaram por volta de 20 posições após as paradas dos ponteiros.

Chefe da Red Bull Racing, Andreas Mattheis criticou o formato ao Motorsport.com.

“Pessoalmente, não gosto. Quem assiste a prova não entende o que está acontecendo”, disse.

“Sou mais favorável a outro sistema, no qual a primeira prova seria exatamente como é, mas sem pit stop obrigatório. Aí no grid você inverteria os dez primeiros ou os 15 primeiros, fazendo outra corrida ‘sprint’, sem paradas.”

“Porque aí quem assiste vê o que está acontecendo. Hoje existe a inversão do grid, mas, pelas estratégias diferentes, a corrida não tem nexo.”

“Isso faz o fã perder o interesse. São umas coisas completamente doidas. Isso para mim não é corrida de automóvel. Corrida para mim é largar e competir até a última volta.”

Chefe da Shell Racing, Rodolpho Mattheis, também compartilha da mesma opinião. “O público se perde na segunda corrida”, falou ao Motorsport.com.

“Principalmente onde existe muito desgaste de pneu, como em Tarumã e Santa Cruz do Sul, todo mundo que largou dos boxes na segunda prova se deu muito bem, sempre indo para o pódio. Acho que a competição perde um pouco a graça. Não gostei muito não.”

compartilhar
comentários
Após calote, RZ diz estar tomando “providências necessárias”
Artigo anterior

Após calote, RZ diz estar tomando “providências necessárias”

Próximo artigo

Cacá Bueno vence após duelo com Gomes em Cascavel

Cacá Bueno vence após duelo com Gomes em Cascavel