Últimas notícias

F1, NASCAR e Austrália; saiba como acompanhar astros da vida real nos games

Em meio à pandemia do coronavírus, pilotos da vida real tentam sucesso nos eSports na ausência de corridas na pista. Saiba como acompanhá-los

F1 2019 screenshot

As palavras mais lidas e ouvidas em tempos de pandemia do coronavírus são quarentena, isolamento, home office e suas derivadas. Além disso, eventos na ‘vida real’ não param de ser adiados ou cancelados, o que torna a vida dos fãs ainda mais difícil devido à saudade da sua categoria preferida.

Pensando nisso, algumas categorias organizam corridas virtuais, com todos os participantes devidamente em suas residências, mas com a presença dos astros que todos conhecem da 'competição real'.

F1, NASCAR e organizadores da Australian Racing Group já se mobilizaram, com eventos programados já a partir deste final de semana, utilizando traçados em locais que seriam usados na vida real.

Leia também:

Como acompanhar, quem participará?

O GP do Bahrein virtual de F1 será realizado neste domingo, às 17h (horário de Brasília) e poderá ser acompanhado pelos canais oficiais da F1 no YouTube, Facebook e Twitch. A corrida terá uma mistura de pilotos da F1 com aqueles que se destacam mundialmente no jogo F1 2019 para PC, com duração reduzida a 50% do original.

A lista oficial de quem vai participar ainda não saiu, mas o Motorsport.com apurou que Igor Fraga, campeão de Gran Turismo de 2018 e que já chegou às fases finais de F1, recebeu o convite. O novo piloto da Red Bull está no Brasil, no interior de Minas Gerais, e ainda tenta viabilizar sua participação. Nicholas Latifi e Lando Norris devem correr.

Outro evento envolvendo o GP do Bahrein de F1 e que deve ter a participação de Norris, é o #NotTheBahGP, organizado pela Veloce Esports, com a competição reunindo nomes de outros esportes, como o goleiro do Real Madrid, Courtois, às 15h de domingo.

Neste sábado, às 14h, o site The Race promoverá uma corrida virtual no traçado misto do Indianápolis Motor Speedway, com a participação confirmada de nomes como Nelsinho Piquet, Tony Kanaan, Max Verstappen, Nico Hulkenberg, Juan Pablo Montoya, Antonio Felix da Costa entre outros. A “All-star esports battle” poderá ser vista no canal do YouTube do site.

Na NASCAR, a etapa virtual de Homestead-Miami, proporcionado pela plataforma iRacing, terá transmissão ao vivo na TV por assinatura dos EUA (Fox Sports 1), às 14h30. O evento de 90 minutos já tem a confirmação de vários astros das pistas, como Kyle Busch, Denny Hamlin, Clint Bowyer, Kyle Larson e Christopher Bell, além de Dale Earnhardt Jr. e Bobby Labonte, já aposentados. A lista final dos participantes será divulgada ainda nesta sexta-feira e os competidores da Cup Series têm lugar garantido no grid. Ainda não está confirmado se haverá transmissão no Brasil pelo canal Fox Sports, detentor dos direitos da categoria no país.

A Indy também anunciou suas provas virtuais com participação de pilotos da categoria e votação dos fãs para o primeiro local das provas. Quem quiser acompanhar, basta acessar o site da Indy todos os sábados, às 17h, do dia 28 de março até 2 de maio.

A Porsche Cup Brasil, junto com a Porsche Brasil fará duas corridas na próxima quarta-feira, dia 25, a partir das 19h, com os pilotos da categoria via iRacing. A rodada será disputada no Autódromo de Interlagos (virtual).

Um pouco mais adiante no calendário, a TCR Australiana e a S5000, categoria que teve a presença de Rubens Barrichello em sua prova inaugural, também terão provas virtuais com pilotos oficiais dos dois campeonatos, além de participações especiais dos que competem na Touring Car Masters e Trans-Am. No dia 2 de abril, um evento de 90 minutos utilizará o traçado do autódromo do Sydney.

O impacto do Covid-19 no esporte a motor no Brasil e no mundo

Uma das primeiras aparições do coronavírus no esporte a motor veio com o adiamento da etapa de Sanya, da Fórmula E.
A Fórmula 1 adiou o GP da China pelo mesmo motivo.
Com o crescente aumento de casos do Covid-19, o GP do Bahrein chegou a ser confirmado, mas sem presença de público.
A MotoGP, a maior categoria das duas rodas do mundo, chegou a realizar a primeira etapa no Catar, mas apenas com a Moto2 e Moto3.
Mais tarde, as etapas da Tailândia, Estados Unidos e Argentina também foram suspensas, com adiamento.
A Fórmula E anunciou a suspensão da temporada por dois meses: os ePrix de Paris e Seul foram suspensos.
O GP da Austrália de F1 estava previsto para acontecer, com presença de público e tudo.
Um funcionário da McLaren testou positivo para o Covid-19 e a equipe decidiu não participar do evento.
Lewis Hamilton criticou a decisão da categoria, dizendo que era chocante todos estarem ali para fazer uma corrida em meio à crise do coronavírus.
Após braço de ferro político entre equipes e categoria, a decisão de cancelar o GP da Austrália veio faltando cerca de três horas para a entrada do primeiro carro na pista para o primeiro treino livre.
Pouco tempo depois, os GPs do Bahrein e Vietnã também foram adiados.
A previsão é de que o campeonato comece com o GP do Azerbaijão, no dia 7 de junho. Os GPs da Holanda e Espanha também foram postergados.
Uma das jóias da Tríplice Coroa, o GP de Mônaco, foi cancelado.
Para atenuar os efeitos de tantas mudanças no calendário, a F1 decidiu antecipar as férias de verão.
Além disso, FIA e F1 concordaram em introduzir o novo pacote de regulamentos que entrariam no próximo ano, a partir de 2022
Acompanhando a F1, a F2 e F3 também anunciaram suas primeiras provas como adiadas. A F2 pode iniciar seu campeonato em Baku, enquanto que a F3 na Áustria, já em julho.
Outras categorias e provas nobres do calendário do automobilismo mundial também foram prejudicadas pelo coronavírus.
As 24 Horas de Le Mans foi adiada para 19 de setembro.
A etapa conjunta entre WEC e IMSA em Sebring foi cancelada.
O tradicional TT da Ilha de Man foi cancelado.
A Indy suspendeu as primeiras corridas em St Pete, Alabama, Long Beach e Austin.
Na teoria, o campeonato de 2020 começa com o GP de Indianápolis, no circuito misto do Indianapolis Motor Speedway.
Ainda não há nada definido sobre as 500 Milhas de Indianápolis.
Na NASCAR, a maior categoria do automobilismo dos EUA, foram realizadas as primeiras quatro provas, mas as atividades só voltarão a partir de 3 de maio, com a etapa de Martinsville no dia 9.
No Brasil, a CBA suspendeu as atividades no país por tempo indeterminado.
A Stock teve que adiar a abertura do campeonato, com a Corrida de Duplas. Etapas do Velopark e Londrina também foram adiadas.
A Porsche Cup realizou apenas sua primeira etapa em Interlagos e aguarda novas diretrizes para retomar o campeonato.
Endurance Brasil, Copa Truck, entre outras competições, também estão paralisadas.
28

Dicas de séries e filmes sobre automobilismo para assistir durante quarentena do coronavírus

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 terá corridas virtuais com pilotos reais para compensar etapas adiadas
Próximo artigo Motorsport Games anuncia parceria com Veloce Esports para transmissão das provas do #NãoÉoGP

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil