Análise técnica: Conheça solução radical da Ferrari para o difusor de 2021

Equipe de Maranello revelou no Bahrein uma solução radical para o difusor a fim de impulsionar ganhos de desempenho em 2021

Análise técnica: Conheça solução radical da Ferrari para o difusor de 2021

O crescente interesse em torno de novas soluções de assoalho na Fórmula 1 aumentou no Bahrein, com fotos da Ferrari revelando para temporada de 2021 uma solução radical para o difusor a fim de impulsionar os ganhos de desempenho.

Falamos anteriormente sobre o assoalho ondulado da Mercedes e a solução de strake do difusor da McLaren, mas agora a atenção mudou para algo único que a Ferrari fez.

Leia também:

A solução que é executada no SF21 ao longo dos testes joga com as tentativas da equipe de Maranello de mitigar as perdas forçadas pelas mudanças do regulamento de 2021, que resultam em mais turbulência no pneu traseiro se não for tratada adequadamente.

É um problema que afeta diferentes ângulos em cada equipe, especialmente quando se trata dos dispositivos aerodinâmicos que alinham a borda externa do assoalho.

No entanto, embora a Ferrari tenha um arranjo intrincado na borda do próprio assoalho, a Scuderia instalou uma solução que é muito mais interessante na lateral do difusor.

 

Como pode ser visto na foto acima, encontramos aqui um trio de aletas que foram incorporadas diretamente na área do difusor.

Estes irão, sem dúvida, ter como objetivo evitar que o fluxo de ar turbulento que está sendo empurrado para fora da parte lateral do pneu traseiro cause um incômodo ao fluxo de ar que passa pelo assoalho.

Este é um detalhe incrivelmente importante quando consideramos que os novos regulamentos da FIA cortaram as aletas do duto de freio, geralmente encontrados na metade inferior da montagem, em 40 mm para 2021. Foram estes que anteriormente desempenharam um papel semelhante em organizar essa instabilidade de fluxo.

 

Adicionando as aletas na borda da protuberância criada no assoalho para facilitar a curva ascendente do difusor abaixo, a Ferrari também pode proteger o fluxo para a região da carenagem semelhante a uma garrafa.

Essa estrutura de fluxo sempre foi importante, mas tem ainda mais importância nesse momento em que as equipes perderam parte do assoalho.

Esta é uma das razões pelas quais a Ferrari gastou suas duas fichas de desenvolvimento no suporte da caixa de câmbio e fez alterações para elevar o layout da suspensão, à medida que abre espaço acima do assoalho a fim de melhorar o fluxo para a parte traseira do carro.

Isso foi auxiliado pelas revisões feitas na forma e profundidade do canal do assoalho e pela elevação da carroceria de saída de resfriamento acima, os quais ajudam a facilitar o fluxo para a seção central do monoposto.

Outras mudanças importantes

 

 

A frente do SF21 chamou a atenção quando foi revelado pela Ferrari antes dos testes de pré-temporada, com a equipe fazendo algumas mudanças substanciais no bico, embora não tivesse as fichas disponíveis para apresentar uma estrutura inteiramente nova.

A plástica inclui um arranjo de pilar da asa dianteira mais estreito, o que permite ter a capa montada lateralmente mais clássica que vimos em outros times do grid.

 

Enquanto isso, a escuderia italiana instalou um quarteto de aletas de chassi em cada lado da saída do duto 'S', tendo preferido anteriormente não ter nenhuma. Na verdade, o duto 'S' do SF1000 era mais proibitivo a esse respeito, pois utilizava um capô, em vez de disparar o fluxo de ar diretamente para fora da cunha criada pela instalação do bico no chassi.

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PRÉ-TEMPORADA F1: VERSTAPPEN é o mais rápido e HAMILTON tem PROBLEMAS com MERCEDES; veja RAIO-X

Podcast #092 – Pré-temporada de 2021 da F1 será a mais crucial da era híbrida?

 

compartilhar
comentários
Análise técnica: Veja os segredos por trás do sucesso da Red Bull na pré-temporada

Artigo anterior

Análise técnica: Veja os segredos por trás do sucesso da Red Bull na pré-temporada

Próximo artigo

ANÁLISE: Os vencedores e perdedores da pré-temporada da F1 2021

ANÁLISE: Os vencedores e perdedores da pré-temporada da F1 2021
Carregar comentários