Bottas admite que pole position em Baku foi “inesperada”

Finlandês não estava entre os favoritos para conseguir o direito de largar à frente na prova deste domingo

Bottas admite que pole position em Baku foi “inesperada”

A Mercedes sempre esteve atrás da Ferrari desde a sexta-feira, além do terceiro treino livre deste sábado.

Mas a sorte do time alemão começou a mudar quando um dos favoritos à pole, Charles Leclerc, bateu e virou carta fora do baralho. No final, com direito a recorde da pista, Valtteri Bottas levou a melhor ao fazer 1min40s495.

Leia também:

Perguntado se foi inesperado, comparado a sua primeira pole da temporada na corrida anterior na China, Bottas disse: "Você pode dizer sim, definitivamente.”

"Após os treinos de ontem e desta manhã, vimos que a Ferrari era extremamente rápida. Também a Red Bull era rápida. A pole me parecia fora de alcance, mas você nunca sabe o que pode acontecer e não desistir. No fim, Charles bateu e ficou de fora."

Bottas disse que os constantes atrasos - depois de Robert Kubica também ter batido durante o Q1 de forma semelhante a Leclerc - significaram que as condições de pista mudaram durante a classificação.

Tendo conquistado a pole no final do Q3, já com o cronômetro zerado, ele disse: "Porque tudo estava atrasado e foi muito mais legal, então o mais complicado era fazer com que os pneus funcionassem.”

"E quando se trata de uma volta neste tipo de pista, o efeito do vácuo é muito importante. Consegui uma diferença muito boa para o carro à frente. Além disso, é bom ter uma boa volta quando for importante."

compartilhar
comentários
Vettel lamenta falta de vácuo em volta decisiva para pole em Baku

Artigo anterior

Vettel lamenta falta de vácuo em volta decisiva para pole em Baku

Próximo artigo

GALERIA: Drama de Leclerc e Bottas na pole; as imagens do sábado em Baku

GALERIA: Drama de Leclerc e Bottas na pole; as imagens do sábado em Baku
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1