Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
25 dias
06 mai
Próximo evento em
67 dias
20 mai
Próximo evento em
81 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
95 dias
10 jun
Próximo evento em
102 dias
24 jun
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
123 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
137 dias
29 jul
Próximo evento em
151 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
179 dias
02 set
Próximo evento em
186 dias
09 set
Próximo evento em
193 dias
23 set
Próximo evento em
207 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
214 dias
07 out
Próximo evento em
221 dias
21 out
Próximo evento em
235 dias
28 out
Próximo evento em
242 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
278 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
287 dias

Carros da F1 contrariam expectativa e andam quase 1s mais rápido

Mudanças aerodinâmicas não impediram equipes de andarem mais rápido nos testes da Fórmula 1 em Barcelona

compartilhar
comentários
Carros da F1 contrariam expectativa e andam quase 1s mais rápido

Depois de oito dias de testes, a pré-temporada da Fórmula 1 acabou. Agora, só no dia 14 de março os carros voltam a acelerar, em Melbourne, nos treinos livres para o Grande Prêmio da Austrália. 

E se a expectativa, quando foram anunciadas as mudanças aerodinâmicas para a temporada 2019, era de que os carros iriam ficar mais lentos se comparados ao ano passado, ela não se concretizou.

Leia também:

As equipes, se pegarmos pelo menos os tempos de pré-temporada, já deram mostra de que a maior categoria do automobilismo mundial pode ficar ainda mais rápida neste ano.

Sebastian Vettel, da Ferrari, fez o melhor tempo de todos os testes neste ano, virando em 1min16s221, com os pneus C5, os mais macios que serão utilizados no ano. 

Para se ter ideia, em 2018, o alemão também teve a volta mais rápida dos testes com 1min17s182, mas usando o segundo pneu mais macio da temporada, os ultramacios. Ele virou quase 1 segundo mais rápido em 2019. 

Mesmo com os pneus do tempo deste ano sendo mais macios, segundo a Pirelli a diferença do C4, equivalente aos ultramacios, para o C5 é de 0,6 segundos.

Outro bom comparativo é o da volta mais rápida dos testes de 2017 em Barcelona. Na ocasião, Kimi Raikkonen, também de Ferrari, fez o melhor tempo da pré-temporada com 1min18s634.

O piloto finlandês utilizou os compostos supermacios na ocasião, que era o segundo mais rápido à época.

Em 2018, a Fórmula 1 viu 10 novos recordes de pista sendo batidos durante as 21 corridas do ano.

Se os carros realmente mantiverem essa toada, serão mais tempos sendo baixados.

 

 

Vettel vê Hamilton a 0s003, mas mantém liderança dos testes

Artigo anterior

Vettel vê Hamilton a 0s003, mas mantém liderança dos testes

Próximo artigo

F1: Principais fatos dos testes de Barcelona na pré-temporada 2019

F1: Principais fatos dos testes de Barcelona na pré-temporada 2019
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Gustavo Faldon