Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
67 dias
06 mai
Próximo evento em
109 dias
20 mai
Próximo evento em
123 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
137 dias
10 jun
Próximo evento em
144 dias
24 jun
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
165 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
179 dias
29 jul
Próximo evento em
193 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
221 dias
02 set
Próximo evento em
228 dias
09 set
Próximo evento em
235 dias
23 set
Próximo evento em
249 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
256 dias
07 out
Próximo evento em
263 dias
21 out
Próximo evento em
277 dias
28 out
Próximo evento em
284 dias
05 nov
Próximo evento em
292 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
305 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
320 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
329 dias

Chefe da Haas afirma que anuncio sobre piloto será na semana que vem: "disputa é apenas entre Hulk e Grosjean"

compartilhar
comentários
Chefe da Haas afirma que anuncio sobre piloto será na semana que vem: "disputa é apenas entre Hulk e Grosjean"

Com o anúncio, Pietro Fittipaldi está oficialmente fora da briga por uma das vagas no grid em 2020

Aos poucos o tabuleiro de opções da equipe Haas para definir sua dupla de pilotos fica mais clara. Em entrevista ao podcast alemão “Starting Grid”, do Motorsport.com, Gunther Steiner, o chefe da equipe norte-americana na Fórmula 1, garantiu que a decisão de quem será o companheiro de Kevin Magnussen em 2020 será tomada na próxima semana.

O editor recomenda:

“Nós esperamos anunciar o outro piloto na próxima semana. Não tomamos a decisão final ainda, mas acontecerá em breve”.

Além disso Steiner afirmou que há somente duas opções sendo analisadas para a vaga: “Está entre Nico Hulkenberg e Romain Grosjean”. A afirmação mostra que não existem mais chances de Pietro Fittipaldi correr pela equipe na próxima temporada.

A medida que as negociações com Hulkenberg avançam, fica claro que a questão do salário já foi discutida. Steiner indicou recentemente que nem todos os pilotos no mercado se encaixavam no orçamento da equipe. No entanto, o piloto alemão recebeu 18 milhões de euros da Renault nos últimos três anos. Isto provavelmente o torna mais flexível para um novo contrato.

“Não quero discutir as finanças de Nico, se ele tem dinheiro o suficiente ou se ele quer mais. Isso cabe a ele decidir”, disse Steiner. “Não é apenas sobre finanças e a última corrida. Para nós é mais a respeito da equipe: O que nós conquistamos, o que nós queremos alcançar?”.

Steiner descreve Hulkenberg como “um piloto muito bom” e um “cara muito bom”. Ele espontaneamente lembrou de Grosjean durante um jogo de perguntas rápidas durante o podcast, apresentado por Christian Nimmervoll, editor-chefe do Motorsport.com na Alemanha: “Altos e baixos. Romain é definitivamente bom em um dia bom. Mas às vezes ele tem alguns dias que não são tão bons. Esse é o problema com ele”.

Steiner disse ainda que Pascal Wehrlein estava na lista de candidatos da equipe para 2017, mas garantiu que conversou recentemente com o alemão e que não havia possibilidade de contratá-lo para a próxima temporada.

“Ele veio me visitar algumas corridas atrás e me perguntou se havia alguma chance. Eu disse: ‘Infelizmente não. Porque você está fora da Fórmula 1 há dois anos. Nós precisamos de alguém experiente e que esteja na categoria há algum tempo’”.

VEJA QUAIS POSIÇÕES ESTÃO DEFINIDAS E QUAIS ESTÃO EM ABERTO PARA O GRID 2020

Nas semana passada, Mercedes, Renault e Racing Point fecharam suas duplas de pilotos. No entanto, muitas vagas ainda estão em aberto. O Motorsport.com preparou uma galeria especial, mostrando a situação de cada nome do grid. Confira abaixo:

Mercedes: Lewis Hamilton - Confirmado

Mercedes: Lewis Hamilton - Confirmado
1/22

Foto de: Andrew Hone / Motorsport Images

Após 60 vitórias e 4 títulos, com mais um encaminhado, Hamilton tem contrato até 2020 e deve renovar com a equipe, apesar de afirmar que sonha pilotar pela Ferrari um dia.

Mercedes: Valtteri Bottas - Confirmado

Mercedes: Valtteri Bottas - Confirmado
2/22

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Valtteri Bottas venceu 5 corridas com a Mercedes e tem se mostrado um segundo piloto ideal. Após meses de especulações, a equipe alemã confirmou o finlandês para 2020.

Ferrari: Sebastian Vettel - Confirmado

Ferrari: Sebastian Vettel - Confirmado
3/22

Foto de: Joe Portlock / Motorsport Images

Apesar dos rumores de uma aposentadoria precoce, Sebastian Vettel tem afirmado que seguirá na Ferrari até o fim de seu contrato, no final de 2020

Ferrari: Charles Leclerc - Confirmado

Ferrari: Charles Leclerc - Confirmado
4/22

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Charles Leclerc chegou badalado à Ferrari neste ano e mostrou resultado desde o início. Apesar de alguns erros, nada indica que ele tenha deixado de ser visto como o futuro da equipe. Seu contrato vai até 2022.

Red Bull: Max Verstappen - Confirmado

Red Bull: Max Verstappen - Confirmado
5/22

Foto de: Steven Tee / Motorsport Images

Apesar dos desejos de Mercedes e Ferrari, Max Verstappen tem contrato com a Red Bull até 2020 e deve renovar com a equipe, caso a Honda continue evoluindo bem o motor que permitiu ao holandês vencer duas vezes em 2019.

Red Bull: Alexander Albon - Sem contrato

Red Bull: Alexander Albon - Sem contrato
6/22

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Alexander Albon acabou de ser promovido da Toro Rosso para a Red Bull e terá até dezembro para mostrar que merece permanecer ao lado de Verstappen em 2020.

McLaren: Carlos Sainz Jr. - Confirmado

McLaren: Carlos Sainz Jr. - Confirmado
7/22

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Carlos Sainz Jr. foi contratado neste ano pela McLaren e seu contrato é de "múltiplos anos". Está confirmado no mínimo até dezembro 2020.

McLaren: Lando Norris - Confirmado

McLaren: Lando Norris - Confirmado
8/22

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Mais certo do que Sainz, é Lando Norris. O prodígio da McLaren foi contratado neste ano e tem mostrado resultados consistentes. A equipe afirmou que tem contrato de "múltiplos anos com o inglês". Rumores dão conta que o contrato vale até 2022.

Renault: Daniel Ricciardo - Confirmado

Renault: Daniel Ricciardo - Confirmado
9/22

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Daniel Ricciardo deixou a Red Bull e assinou com a Renault no fim do ano passado. Apesar de começar a se mostrar frustrado com os fracos resultados da equipe francesa, deve cumprir seu contrato até o fim de 2020.

Renault: Esteban Ocon - Confirmado

Renault: Esteban Ocon - Confirmado
10/22

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Após um ano na geladeira, o jovem prodígio finalmente voltará ao grid da F1. Depois de uma bem sucedida passagem pela Force India, o francês ficou sem vaga em 2019 e atuou como piloto reserva da Mercedes, equipe que apoiou sua carreira até o momento.

Nico Hulkenberg - Sem equipe

Nico Hulkenberg - Sem equipe
11/22

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Nico Hulkenberg está sem equipe para a próxima temporada. A Renault confirmou a saída do alemão para a chegada de Esteban Ocon. A Haas declarou publicamente que está interessada nos serviços de Hulkenberg e seu nome já foi ventilado na Red Bull também.

Alfa Romeo: Kimi Raikkonen - Confirmado

Alfa Romeo: Kimi Raikkonen - Confirmado
12/22

Foto de: Jerry Andre / Motorsport Images

Aos 39 anos de idade, o piloto mais velho do grid, Kimi Raikkonen, tem contrato com a Alfa Romeo até o fim de 2020 e tem dito que gostaria de pilotar por mais alguns anos.

Alfa Romeo: Antonio Giovinazzi - Sem contrato

Alfa Romeo: Antonio Giovinazzi - Sem contrato
13/22

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

A Alfa Romeo tem apoiado Antonio Giovinazzi apesar da fraca temporada que tem feito neste ano. Se não melhorar, é provável que seja substituído no ano que vem, pois seu contrato só é válido para 2019.

Toro Rosso: Daniil Kvyat - Sem contrato

Toro Rosso: Daniil Kvyat - Sem contrato
14/22

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

Daniil Kvyat passa por um momento de ressurreição na F1. O piloto foi tirado da aposentadoria precoce e voltou para a Toro Rosso neste ano. Seu contrato expira em 2019, mas seu nome pode ter crescido no mercado após o pódio na Alemanha, o segundo da história da equipe.

Toro Rosso: Pierre Gasly - Sem contrato

Toro Rosso: Pierre Gasly - Sem contrato
15/22

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Pierre Gasly teve a oportunidade de guiar 12 provas pela Red Bull após ser promovido no início deste ano. No entanto, o francês decepcionou e foi devolvido à Toro Rosso. Não se sabe a duração de seu contrato, mas supõe-se que seja até dezembro de 2019. Não se sabe o que será de seu futuro.

Haas: Romain Grosjean - Sem contrato

Haas: Romain Grosjean - Sem contrato
16/22

Foto de: Andrew Hone / Motorsport Images

Uma sucessão de erros e situações bizarras podem estar pondo fim à carreira de Romain Grosjean na F1. O piloto da Haas tem sido contestado e pode não ter seu contrato renovado depois de 2019. No entanto, ele já esteve nessa situação antes e foi mantido na categoria.

Haas: Kevin Magnussen - Confirmado

Haas: Kevin Magnussen - Confirmado
17/22

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Kevin Magnussen sofre menos críticas do que Grosjean e seu contrato permitia a permanência até 2020. Com o anúncio da Haas de que está buscando preencher apenas uma vaga, o dinamarquês teve seu contrato garantido.

Racing Point: Lance Stroll - Confirmado

Racing Point: Lance Stroll - Confirmado
18/22

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

O filho do dono da Racing Point, Lance Stroll, está sendo colocado no bolso do companheiro de equipe, sobretudo nas classificações. No entanto, deve permanecer na F1 pelo tempo que a família quiser. Seu contrato é de "múltiplos anos".

Racing Point - Sergio Perez - Confirmado

Racing Point - Sergio Perez - Confirmado
19/22

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Sergio Perez tem tido uma boa temporada dentro das limitações da Racing Point. O mexicano renovou por mais três anos e ficará no time até 2022.

Willaims: George Russel - Confirmado

Willaims: George Russel - Confirmado
20/22

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

George Russell chegou na Williams como um jovem talentoso com potencial para ser um futuro campeão. Apesar do péssimo carro que a equipe produziu neste ano, o britânico tem mostrado que merece uma vaga em equipe mais competitiva. Seu contrato com a equipe de Grove é outro de "múltiplos anos".

Willaims: Robert Kubica - Sem contrato

Willaims: Robert Kubica - Sem contrato
21/22

Foto de: Andrew Hone / Motorsport Images

Robert Kubica tem sido superado pelo companheiro Russell ao longo de todo o ano. No entanto, ele marcou o único ponto da Williams na temporada 2019 e a chefe da equipe, Claire Williams, disse que não há motivos para não renovar com o polonês para 2020.

Nicholas Latifi - Sem equipe

Nicholas Latifi - Sem equipe
22/22

Foto de: Williams F1

O canadense está bem colocado no campeonato da F2 e rumores já o ligaram à vaga de Kubica na Williams. No entanto, a McLaren pode ter interesse de levá-lo para a Indy em 2020. Permanece como um forte candidato para o próximo ano.
Bottas diz que Leclerc é um piloto “muito duro” para sua idade

Artigo anterior

Bottas diz que Leclerc é um piloto “muito duro” para sua idade

Próximo artigo

Chefe da Mercedes diz que Vettel é bom demais para ser descartado

Chefe da Mercedes diz que Vettel é bom demais para ser descartado
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1