Fórmula 1
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
75 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
82 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
110 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
138 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
145 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
159 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
166 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
180 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
194 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
201 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
215 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
229 dias

Chefe da Haas lamenta novo pesadelo em pit stop na Austrália: “Déjà-vu”

compartilhar
comentários
Chefe da Haas lamenta novo pesadelo em pit stop na Austrália: “Déjà-vu”
17 de mar de 2019 08:10

Pelo segundo ano consecutivo, equipe enfrenta problemas de pneus mal colocados durante pit stop na Austrália

A Haas aparece como uma das equipes a comandar o meio de grid da F1 em 2019, ficando atrás apenas da Mercedes, Ferrari e Red Bull. Neste domingo, Kevin Magnussen foi o sexto colocado, fazendo com que o time norte-americano fosse o que normalmente se diz ser “o melhor do resto”.

Mas nem tudo foram flores. Pelo segundo ano consecutivo, Romain Grosjean teve que abandonar a etapa australiana devido à má colocação de um pneu esquerdo dianteiro.

Leia também:

O chefe da Haas, Gunther Steiner lamentou o ocorrido, mas exaltou o resultado da prova deste ano para a equipe.

“Meu palpite é que foi apenas um pit stop que deu errado”, disse Steiner. “Algo ficou danificado. É um déjà-vu. Nós tentamos (colocar o pneu) uma segunda vez e conseguimos, mas perdemos as posições, de qualquer maneira, e depois isso aconteceu (a falha). Então parece que algo quebrou com força quando o colocamos na segunda vez.”

“A coisa boa que eu levo daqui é que no ano passado, nós saímos sem nenhum ponto. Este ano nós tivemos um quarto lugar. O carro parece estar bem. Temos que fazer o mesmo nas próximas 20 corridas, mas o carro é sólido.”

Frustrado, Grosjean acredita que a Austrália não gosta dele.

"Déjà-vu", disse ele. “É o segundo ano consecutivo com o mesmo problema. Terceiro ano consecutivo abandonando aqui enquanto eu estou na zona de pontuação.”

“A Austrália não gosta de mim. Eu amo estar aqui, tivemos um bom fim de semana, mas é uma pena.”

"Não é como você quer começar, não é fácil de digerir, mas precisamos trabalhar todos juntos, como uma equipe que crescemos e garantir que isso não aconteça novamente."

Próximo artigo
Ferrari se contradiz e pede para Leclerc tirar pé para não passar Vettel

Artigo anterior

Ferrari se contradiz e pede para Leclerc tirar pé para não passar Vettel

Próximo artigo

Mercedes descobre danos no assoalho do carro de Hamilton no GP da Austrália

Mercedes descobre danos no assoalho do carro de Hamilton no GP da Austrália
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1