F1: Chefe da Mercedes admite superioridade de motor e carro da Red Bull

Acostumado a blefar, mandachuva de equipe heptacampeã mundial crê em “hierarquia” diferente do que tabelas de campeonatos mostram

F1: Chefe da Mercedes admite superioridade de motor e carro da Red Bull

Após duas etapas do Campeonato Mundial de Fórmula 1 a grande dúvida que paira no ar é sobre qual equipe hoje possui o melhor conjunto carro/unidade de potência. Lewis Hamilton e Max Verstappen venceram cada um uma prova e terminaram em segundo em outra, com o atual heptacampeão mundial seguindo na liderança após o GP da Emilia Romagna por causa do ponto extra da volta mais rápida da prova.

Mesmo com a vantagem na tabela do campeonato de pilotos e de construtores, em que a Mercedes bate a Red Bull por 60 a 43, Toto Wolff acredita que a equipe austríaca está à frente da sua.

Leia também:

"Ainda estamos com um déficit com o carro", disse Wolff. "No sábado, ficamos com a pole position, mas se Max tivesse dado uma volta sem erros, provavelmente estávamos 0s25 atrás, talvez 0s3.”

"Essa é a hierarquia é no momento.”

“Na corrida foi muito difícil julgar por causa das circunstâncias, mas tivemos um carro muito bom no molhado e no seco.”

"Estamos começando a entendê-lo lentamente, mas de acordo com os dados, ainda não temos um carro e uma unidade de força que se igualem à Red Bull e Honda."

F1: Como FORÇA da Mercedes é também FRAQUEZA contra a Red Bull? Pneus, batidas e cia serão decisivos

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Por que temporada de 2021 promete ser a mais equilibrada dos últimos anos?

 

compartilhar
comentários
Podcast #099 - Por que temporada de 2021 promete ser a mais equilibrada dos últimos anos da F1?

Artigo anterior

Podcast #099 - Por que temporada de 2021 promete ser a mais equilibrada dos últimos anos da F1?

Próximo artigo

F1: Bottas defende que não quebrou "acordo de cavalheiros" em acidente com Russell

F1: Bottas defende que não quebrou "acordo de cavalheiros" em acidente com Russell
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1