Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
26 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
40 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
68 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
75 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
89 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
103 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
110 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
124 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
131 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
145 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
159 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
187 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
194 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
208 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
215 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
229 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
243 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
250 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
264 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
278 dias

Chefe da Mercedes defende Vettel de críticos

compartilhar
comentários
Chefe da Mercedes defende Vettel de críticos
7 de set de 2018 17:22

Após toque e rodada na Itália, Toto Wolff crê que pessoas precisam lembrar de grandes momentos de Vettel antes de reclamar de sua pilotagem

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, defendeu Sebastian Vettel contra as fortes críticas dirigidas a ele após o GP da Itália.

Vettel tem sido criticado por especialistas e pela mídia na Itália, que acredita que o tetracampeão mundial está cometendo muitos erros para derrotar o rival Lewis Hamilton pelo título deste ano, apesar de ter um carro superior.

"Não sou completamente neutro, mas para mim Lewis (Hamilton) é o melhor piloto dos últimos anos", disse Wolff ao jornal alemão Die Welt.

"Mesmo assim, acho que as críticas a Sebastian não são justas."

"Se for possível vencer, ele tem a ambição para fazer isso com a agressividade necessária", afirmou o austríaco.

"Isso requer muita coragem e sua maneira de dirigir às vezes leva a colisões. Mas não vamos esquecer que ele ganhou quatro campeonatos mundiais – assim como Lewis. Você tem que aceitar isso."

Wolff acredita que há uma pequena margem entre o triunfo e o desastre, insistindo que o erro de Vettel na primeira volta do GP da Itália no último domingo também poderia ter levado a uma rodada de Hamilton.

"Poderia ter sido facilmente Lewis, em vez de Sebastian, que tivesse rodado. Então, toda a corrida teria sido diferente", disse Wolff.

"No mundo de alta tecnologia da Fórmula 1, tudo não é decidido linear e racionalmente, mas também com sorte, infortúnio e coincidência."

Próximo artigo
Grosjean: Quase virei cozinheiro quando a Renault me demitiu

Artigo anterior

Grosjean: Quase virei cozinheiro quando a Renault me demitiu

Próximo artigo

Fãs criam abaixo-assinado para Ferrari manter Raikkonen

Fãs criam abaixo-assinado para Ferrari manter Raikkonen
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1