Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Chefe da Toro Rosso: nunca duvidamos do talento de Kvyat

compartilhar
comentários
Chefe da Toro Rosso: nunca duvidamos do talento de Kvyat
12 de fev de 2019 13:01

Franz Tost diz que russo havia sido promovido cedo demais à Red Bull e enfrentou momento “psicologicamente duro” com primeiro retorno à Toro Rosso

O chefe da Toro Rosso, Franz Tost, afirmou que a equipe italiana nunca perdeu a confiança no talento de Daniil Kvyat e está convicto de que o piloto merece a nova oportunidade na F1.

Kvyat iniciará sua terceira passagem pela equipe em 2019. Na primeira, fez sua estreia na F1 durante a temporada de 2014, mas logo em seguida foi promovido à Red Bull para substituir Sebastian Vettel, que se transferiu à Ferrari.

No entanto, Kvyat permaneceu somente por uma temporada e quatro provas na Red Bull, já que, em maio de 2016, retornou à Toro Rosso ao trocar de lugar com Max Verstappen.

O russo permaneceu no time até o fim de 2017, quando deixou a operação e saiu do grid da F1. Mas, de forma surpreendente, Kvyat retornará em 2019 mesmo sem competir desde que havia deixado a Toro Rosso.

Para Tost, a questão nunca envolveu o questionamento do talento de Kvyat, e sim a confiança do piloto russo em sua trajetória turbulenta.

“Sempre digo que um piloto jovem precisa de dois ou três anos para entender e render no mundo complicado da F1, mas Daniil mostrou sua velocidade natural desde o começo”, disse Tost.

“Quando a contingência exigiu sua mudança para a Red Bull, parecia que ele estaria pronto para o desafio. Ele mostrou algumas boas performances, mas render sob pressão é sempre um desafio. Analisando depois que passou, podemos dizer que era simplesmente cedo demais.”

“Ele teve de viver um momento difícil quando retornou para cá em 2016. Foi psicologicamente duro, mas ninguém nunca duvidou de suas habilidades como piloto.”

“Eu acredito fortemente que ele merece uma outra chance na F1 e sinto que o melhor ainda está por vir de sua parte.”

“Tendo tempo para amadurecer como pessoa fora das pistas o ajudará a mostrar sua inegável capacidade na pista.”

Kvyat, de 24 anos, conquistou dois pódios na F1. Em 2019, ele formará dupla com Alexander Albon, terceiro colocado na F2 na temporada passada.

Próximo artigo
Renault apresenta carro para a temporada de 2019

Artigo anterior

Renault apresenta carro para a temporada de 2019

Próximo artigo

Renault diz que fez “maior progresso da era V6” em novo motor

Renault diz que fez “maior progresso da era V6” em novo motor
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Daniil Kvyat Compre Agora