Comissário explica dura punição a Kimi: “Regra é regra”

compartilhar
comentários
Comissário explica dura punição a Kimi: “Regra é regra”

Ex-piloto Mika Salo, comissário convidado na Bélgica, insiste que seu compatriota deveria ter aliviado em trecho de bandeiras amarela

Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08, Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H

O ex-piloto de F1 Mika Salo, comissário convidado do GP da Bélgica, explicou a punição que foi aplicada a Kimi Raikkonen durante a corrida em Spa-Francorchamps, o que reduziu as possibilidades do finlandês em subir ao pódio.

Raikkonen andava em quarto lugar na prova quando recebeu um stop and go. O piloto da Ferrari não reduziu a velocidade sob as bandeiras amarelas, presentes ali durante a remoção do carro quebrado de Max Verstappen.

Muitos fãs estranharam uma punição tão severa, mas Salo afirmou que as regras preveem justamente esse tipo de decisão. “É a regra. Era um trecho de bandeira amarela dupla”, explicou, em entrevista à emissora finlandesa C More.

“Tivemos a informação de que todos os pilotos levantaram o pé do acelerador, exceto Kimi. Havia pessoas do lado da pista empurrando o carro [de Verstappen]. Tudo pode acontecer, e Kimi não pode fazer esse julgamento. Regra é regra, simples assim”, completou.

Raikkonen caiu para sexto com a punição, mas superou Nico Hulkenberg e Valtteri Bottas para fechar na mesma quarta posição que ocupava no início da prova. 

Brigas e “tentativa de assassinato”: a rixa na Force India

Artigo anterior

Brigas e “tentativa de assassinato”: a rixa na Force India

Próximo artigo

Toro Rosso confirma Gelael em quatro treinos livres de 2017

Toro Rosso confirma Gelael em quatro treinos livres de 2017
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Localização Spa-Francorchamps
Pilotos Kimi Raikkonen