Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
26 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
40 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
68 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
75 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
89 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
103 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
110 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
124 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
131 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
145 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
159 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
187 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
194 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
208 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
215 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
229 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
243 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
250 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
264 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
278 dias

Ex-presidente da Ferrari critica vaias a Hamilton: "grande erro"

compartilhar
comentários
Ex-presidente da Ferrari critica vaias a Hamilton: "grande erro"
4 de set de 2018 12:18

Luca di Montezemolo diz que não há motivos para reclamar de jogo de equipe da Mercedes já que Ferrari já fez o mesmo

O ex-presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, criticou a postura dos torcedores da Ferrari, que vaiaram Lewis Hamilton depois do GP da Itália, no domingo.

Montezemolo, que dirigiu a Ferrari por 23 anos, de 1991 a 2014, disse que a vaia aos pilotos da Mercedes depois da vitória foi "um grande erro".

"Lewis é um campeão fantástico, sempre foi muito correto, e fez uma corrida fantástica. Ponto final", acrescentou à BBC.

"O que aconteceu foi muito, muito ruim e estou muito chateado."

Montezemolo acrescentou que as críticas de fãs da Ferrari sobre a decisão da Mercedes de usar Valtteri Bottas para retardar Kimi Raikkonen por algumas voltas para ajudar Hamilton foram equivocadas. A Ferrari empregou táticas semelhantes muitas vezes no passado, segundo ele.

"Eu posso dizer que ganhamos alguns campeonatos desta forma quando eu era o presidente e CEO, com Kimi e Felipe Massa, com Rubens Barrichello e Michael Schumacher, com Michael e Eddie Irvine", disse ele.

"Então, isso faz parte da história. E Bottas não fez nada incorreto ou ruim. Ele fez sua corrida.”

"Quando eu ouvi alguém fazer críticas... isso é normal. Na vida é difícil vencer, mas é mais difícil aceitar quando você não vence. Então, ontem eu não estava feliz pelo que vi, desde o público.”

"A Mercedes fez o seu trabalho. Se eu estivesse no comando da Ferrari nas mesmas condições que a Mercedes, eu faria exatamente a mesma escolha. Então, fim."

Próximo artigo
Entenda por que o assoalho da Haas foi considerado ilegal

Artigo anterior

Entenda por que o assoalho da Haas foi considerado ilegal

Próximo artigo

Mercedes nega blefe em pit stop em Monza

Mercedes nega blefe em pit stop em Monza
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1