Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
67 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
81 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
88 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
116 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
144 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
151 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
165 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
172 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
186 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
200 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
207 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
221 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
235 dias

F1 abre mão de taxas dos próximos 3 GPs no Brasil, diz site

compartilhar
comentários
F1 abre mão de taxas dos próximos 3 GPs no Brasil, diz site
17 de out de 2018 13:47

Categoria estaria deixando de receber dinheiro local até o fim do contrato atual de realização da corrida. Organização rebate e chama de "fake news"

Segundo o site RaceFans.net, a Fórmula 1 não receberá taxas de hospedagem para os próximos três GPs do Brasil no circuito de Interlagos, em São Paulo.

A última extensão do contrato da corrida, que vai até 2020, foi anunciada em 2014. O contrato incluiu acordos separados com o promotor da corrida e um acordo financeiro com a cidade de São Paulo, que cobriria a taxa de hospedagem da F1.

Segundo o site, embora o acordo de promotor tenha sido prorrogado antes de a Liberty Media assumir o papel de detentora dos direitos comerciais do esporte, o contrato financeiro não foi.

Apesar disso, o acordo para manter a corrida não é considerado de risco.

O GP do Brasil deste ano está programado para 11 de novembro e a corrida de 2019 foi incluída no calendário confirmado pelo Conselho Mundial de Automobilismo da FIA na semana passada, no dia 17 de novembro.

Como resultado, a F1 está perdendo a taxa de hospedagem para a corrida brasileira.

Segundo a publicação, a categoria estaria deixando de ganhar dezenas de milhares de libras por três temporadas seguidas. Com isso, as equipes de F1 perderiam, portanto, sua parte na receita fixa em um dos locais mais distantes de suas bases europeias.

Organização rebate

Procurada pelo Motorsport.com, a organização do GP do Brasil se recusou a comentar a notícia, mas liberou nota na qual desqualifica a apuração fita pela publicação britânica.

"A notícia (fake news) divulgada pela racefans.net não é verdade. Não podemos comentar além disto por força de restrições legais no contrato com a FOM", disse a assessoria de comunicação da prova.

Próximo artigo
Verstappen: novas asas de 2019 trarão benefícios limitados

Artigo anterior

Verstappen: novas asas de 2019 trarão benefícios limitados

Próximo artigo

Sirotkin: Processo da Williams para 2019 é “bem diferente”

Sirotkin: Processo da Williams para 2019 é “bem diferente”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1