F1: Assim como o ‘feito’ de Bottas, relembre cinco outros strikes polêmicos

Em pista seca ou molhada, acidente provocado por finlandês não é inédito na história recente da categoria

F1: Assim como o ‘feito’ de Bottas, relembre cinco outros strikes polêmicos

O GP da Hungria de Fórmula 1 teve um início surreal, com a bandeira vermelha provocada logo na primeira volta, quando Valtteri Bottas, que havia largado mal, perdeu a freada para a curva 1, em uma pista molhada, atingindo Lando Norris, que bateu em Max Verstappen, com a Mercedes do finlandês também acertando Sergio Pérez, da Red Bull.

Valtteri Bottas, Mercedes W12, collides with Sergio Perez, Red Bull Racing RB16B, at the start

Valtteri Bottas, Mercedes W12, collides with Sergio Perez, Red Bull Racing RB16B, at the start

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Leia também:

A ‘proeza’ de Bottas não é inédita na F1, a história recente da categoria mostra alguns ‘strikes’, uns mais discretos, outros mais espalhafatosos. A equipe do Motorsport.com separou cinco dentro de um passado recente, confira:

1 - GP da Itália de 2011

Vitantonio Liuzzi after his crash

Vitantonio Liuzzi after his crash

Photo by: Alessio Morgese

Fernando Alonso largou à frente em Monza, mas sua alegria durou pouco. Vitantonio Liuzzi fez contato com Heikki Kovalainen e deslizou pela grama, em direção à curva 1, diretamente para o carro de Vitaly Petrov e Nico Rosberg. Os três carros tiveram que abandonar por causa dos danos, enquanto Rubens Barrichello ficou preso entre eles, em condições de continuar, mas foi forçado a esperar até que fossem liberados, arruinando sua corrida.

2 - GP da Bélgica de 2012

Romain Grosjean, Lotus F1 Team RS27, crash

Romain Grosjean, Lotus F1 Team RS27, crash

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

A corrida em Spa teve Jenson Button começando na liderança. Mais atrás, Romain Grosjean, que largou do lado esquerdo da pista, jogou seu carro bruscamente para o direito e tocou em Lewis Hamilton. Ambos perderam o controle e o francês se chocou com Sergio Pérez, que por sua vez, se juntou a outros dois pilotos atingindo os carros de Fernando Alonso e de Kamui Kobayashi. Dos cinco envolvidos, apenas o japonês permaneceu na corrida.

3 - GP de Singapura de 2017

Thrilling race action as the cars head down the Pit Straight

Thrilling race action as the cars head down the Pit Straight

Photo by: Andrew Hone / Motorsport Images

A dupla da Ferrari, Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, e Max Verstappen se encontraram na largada. O holandês foi ‘ensanduichado’ pela dupla da scuderia, com Kimi levando a pior. Na sequência, já com o carro quebrado e sem controle, o finlandês atravessou a pista e pegou em cheio o próprio piloto da Red Bull e Fernando Alonso, na época na McLaren.

4 - GP da Bélgica de 2018

Fernando Alonso, McLaren MCL33, crashes over Charles Leclerc, Alfa Romeo Sauber C37, after contact from Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18, at the start

Fernando Alonso, McLaren MCL33, crashes over Charles Leclerc, Alfa Romeo Sauber C37, after contact from Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18, at the start

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

A corrida em Spa  ficou marcada pela grande serventia comprovada do halo, durante o grande strike gerado pelo toque logo no início de Nico Hulkenberg (na Renault) sobre Fernando Alonso, que levantou voo e uma das rodas acabou atingindo Charles Leclerc, na Alfa Romeo na época, além de outras vítimas.

5 - GP da Bélgica de 1998

The aftermath of one of the worst ever F1 Crashes

The aftermath of one of the worst ever F1 Crashes

Photo by: Sutton Images

Além de ‘strike’ o acidente logo no início da corrida em Spa pode ser chamado de Big One. David Coulthard, que largou em segundo lugar bateu e nada menos que outros 12 carros se envolveram na carnificina: Eddie Irvine, Alexander Wurz, Rubens Barrichello, Jos Verstappen, Johnny Herbert, Olivier Panis, Jarno Trulli, Mika Salo, Pedro Paulo Diniz, Toranosuke Takagi, Ricardo Rosset e Shinji Nakano. Na época, era possível a utilização de carro reserva, mas Barrichello, Salo, Panis e Rosset não tinham um disponível.

F1 2021: Saiba qual é o TAMANHO da volta de ALONSO e a COINCIDÊNCIA com SCHUMACHER em retorno

Podcast – A primeira metade do campeonato da F1 foi a mais incrível dos últimos anos?

 

compartilhar
comentários
Verstappen: "Tenho certeza que sou mais rápido que Hamilton"
Artigo anterior

Verstappen: "Tenho certeza que sou mais rápido que Hamilton"

Próximo artigo

ANÁLISE F1: Red Bull resolve 'tradição incômoda’ e cresce em meio a 'estagnação' da Mercedes

ANÁLISE F1: Red Bull resolve 'tradição incômoda’ e cresce em meio a 'estagnação' da Mercedes
Carregar comentários