F1: Bottas reflete sobre anos na Mercedes e expectativas na Alfa Romeo

Finlandês deixará equipe alemã após cinco anos e terá novo desafio na escuderia suíça, que está no meio pelotão e tem projeto de longo prazo

F1: Bottas reflete sobre anos na Mercedes e expectativas na Alfa Romeo

Valtteri Bottas falou sobre a nova fase que viverá na Fórmula 1 a partir de 2022: o finlandês acertou com a Alfa Romeo e deixará a Mercedes após cinco anos no pelotão da frente. Agora, voltará algumas posições no grid e ajudará a escuderia suíça com o novo regulamento técnico que valerá a partir da próxima temporada.

Segundo o chefe do time, Frédéric Vasseur, ele chega para cumprir um papel de liderança e poderá ser referência como foram Sebastian Vettel na Red Bull e Lewis Hamilton na equipe alemã, além de ajudar o segundo piloto, que provavelmente será Guanyu Zhou ou Nyck de Vries.

Leia também:

Questionado sobre o peso da ida à uma marca tão tradicional, Bottas respondeu: "É emocionante. Eles têm uma grande história no automobilismo e acho que pode ter um futuro brilhante e espero ajudar nisso. É algo novo, empolgante para mim.

"É um projeto. Sem dúvida, haverá trabalho a fazer, mas vou dar todo o conhecimento que puder para tentar melhorar nesta temporada. Conversei com algumas outras equipes, mas não quero citar nomes. No final, esse era o caminho que eu queria seguir e estou feliz que pudemos fazer isso acontecer."

"Eu não posso te contar tudo, mas eles levam o futuro a sério. A Alfa Romeo, como marca, está comprometida há vários anos. Temos grandes expectativas, grandes objetivos e para mim isso é realmente motivador", acrescentou.

Valtteri Bottas, Mercedes W12

Valtteri Bottas, Mercedes W12

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Bottas aproveitou para fazer uma reflexão sobre seu tempo de Mercedes. Pela equipe alemã, o finlandês conquistou nove vitórias e 54 pódios, com oito corridas restantes confirmadas e uma adicional que ainda não foi anunciada, mas que provavelmente será no Catar.

"Cinco anos passam rápido e o próximo ano será meu décimo na Fórmula 1 - é uma loucura", disse o piloto. "Com certeza. foi uma sucesso como time e meus últimos quatro anos contribuíram na conquista do campeonato de construtores."

"Ainda temos quase metade da temporada pela frente, então esse será o foco principal. Tem sido divertido. É um desafio com certeza, mas eu realmente gostei de estar ao lado de Lewis, ele tem sido um companheiro de equipe incrível. É um bom time e fizemos coisas impressionantes nos últimos anos."

Sobre as expectativas da Alfa Romeo em 2022, Bottas foi claro: "Com certeza, lutar realisticamente pelas vitórias no próximo ano será improvável, mas nunca se sabe - há mudanças no regulamento e um grande grupo de pessoas motivadas. Vou dar tudo o que puder para ser o mais rápido possível."

"É um tipo diferente de mentalidade. É uma abordagem diferente, com certeza, e um pouco como um projeto. Estou ansioso para fazer minha parte", concluiu.

F1 AO VIVO: A POLÊMICA em torno do motor Mercedes, Red Bull PREOCUPADA e porta fechada para de Vries | DIRETO DO PADDOCK

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Hamilton diz que Mercedes aprendeu a gerir equipe após Rosberg
Artigo anterior

F1: Hamilton diz que Mercedes aprendeu a gerir equipe após Rosberg

Próximo artigo

F1: Hamilton não descarta Honda e Red Bull fortes em Monza

F1: Hamilton não descarta Honda e Red Bull fortes em Monza
Carregar comentários