F1: Gasly é o mais rápido de quinta-feira nos testes do Bahrein; veja

Francês registrou a marca de 1min33s902 e superou Carlos Sainz, que virou 0s457 mais lento com a Ferrari; confira

Carregar reprodutor de áudio

Nesta quinta-feira, foram realizadas as primeiras sessões de testes da Fórmula 1 no Bahrein, que recebe a última parte da pré-temporada 2022 da categoria. E quem liderou o dia foi Pierre Gasly, da Alpha Tauri.

O editor recomenda:

Com compostos C4, o francês registrou a marca de 1min33s902 (veja tabela mais abaixo) e superou Carlos Sainz, que virou 0s457 mais lento com a Ferrari. Companheiro do espanhol no time de Maranello, o monegasco Charles Leclerc completou o top 3, a 0s629 do líder.

A quarta posição ficou com Lance Stroll, que ficou a mais de oito décimos do líder. O canadense da Aston Martin, aliás, foi responsável pela primeira bandeira vermelha da segunda sessão do dia em Sakhir.

Uma grade aerodinâmica se soltou de seu carro, ficou raspando no bólido e arrancou uma peça do modelo guiado por Stroll, o que acabou gerando uma breve paralisação dos testes no circuito barenita.

No fim da sessão derradeira do dia, disputada entre 15h e 19h -- a matutina ocorre entre 10h e 14h, tendo Leclerc como líder nesta quinta, com a marca de 1min34s531 --, houve mais uma bandeira vermelha.

Sergio Pérez, da Red Bull, rodou a 50km/h e 'enfiou' as rodas traseiras na brita. O mexicano, porém, foi quem mais deu voltas (138, contra 104 do anglo-tailandês Alex Albon, da Williams, e 103 de Gasly) terminou em 10º, à frente do britânico Lewis Hamilton, da Mercedes.

Compatriota e novo companheiro do heptacampeão, George Russell foi o nono. O oitavo posto ficou com o alemão Sebastian Vettel, da Aston Martin. Ele ficou imediatamente atrás da Alfa Romeo de Valtteri Bottas, da Finlândia. Lando Norris, britânico da McLaren, foi o sexto, atrás de Albon.

Classificação final desta quinta-feira:

Piloto - Equipe - Melhor Tempo - Composto Usado - Voltas Feitas

  1. Gasly, AlphaTauri, 1m33.902s, C4 - 103
  2. Sainz, Ferrari - 1m34.359s, C3 - 52
  3. Leclerc, Ferrari, 1m34.531s, C3 - 64 
  4. Stroll, Aston Martin, 1m34.736s, C4 - 50
  5. Albon, Williams, 1m35.070s, C4 - 104
  6. Norris, McLaren, 1m35.356s, C2 - 50
  7. Bottas, Alfa Romeo, 1m35.495s, C3 - 66
  8. Vettel, Aston Martin, 1m35.706s, C3 - 39
  9. Russell, Mercedes, 1m35.941s, C3 - 60
  10. Perez, Red Bull, 1m35.977s, C2 - 138
  11. Hamilton, Mercedes, 1m36.365s, C3 - 62
  12. Alonso, Alpine, 1m36.745s, C3 - 24
  13. Ocon, Alpine, 1m36.768s, C2 - 42
  14. Zhou, Alfa Romeo, 1m37.164s, C3 - 54
  15. Fittipaldi, Haas, 1m37.527s, C2 (protótipo) - 47

Não correm hoje: Max Verstappen / Yuki Tsunoda / Nicholas Latifi / Daniel Ricciardo / Mick Schumacher

ANÁLISE: A escolha da Haas por MAGNUSSEN, o futuro de Pietro e a PISTOLADA de Nikita, que mira volta

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast - Boletim: Mercedes assombra paddock com solução ousada no Bahrein e Pietro vai à pista

 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Haas abre o jogo sobre quais eram as reais chances de Pietro
Artigo anterior

F1: Haas abre o jogo sobre quais eram as reais chances de Pietro

Próximo artigo

F1: Equipes aprovam aumento de três quilos dos carros de 2022

F1: Equipes aprovam aumento de três quilos dos carros de 2022