Fórmula 1
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
21 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
35 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
63 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
70 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
84 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
98 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
105 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
119 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
126 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
140 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
154 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
182 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
189 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
203 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
210 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
224 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
238 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
245 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
259 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
273 dias

F1 revela proposta de especificação de motores para 2021

compartilhar
comentários
F1 revela proposta de especificação de motores para 2021
31 de out de 2017 14:08

Categoria acaba com sistema de recuperação de energia térmico e aumenta em 3000 rpm capacidade dos motores a combustão para "melhorar o som"

A FIA divulgou nesta terça-feira (31) a primeira proposta para especificação dos motores da Fórmula 1 a partir de 2021. A entidade manteve as unidades com um motor a combustão V6 de 1.6 litros, aboliu o MGU-H e tentará aumentar o barulho dos carros com 3000 rpm a mais.

A federação diz que a relevância para o desenvolvimento rodoviário continua a ser uma meta. “De acordo com os objetivos delineados pela FIA para o futuro, estes regulamentos - que incluem redução de custo, a manutenção da relevância rodoviária com a tecnologia híbrida e melhora do som dos carros para maior apelo aos fãs – foram apresentados aos representantes dos fabricantes com um roteiro para o desenvolvimento da próxima geração de regulamentos.”

“As propostas compartilhadas hoje foram desenvolvidas conjuntamente pela FIA e pela F1, usando dados e comentários das equipes, fornecedores de unidades de potência e especialistas externos. O quadro geral para a definição da unidade de potência de 2021 estará em vigor e será publicado pela FIA no final de 2017.”

A nova unidade de potência da Fórmula 1 terá a partir de 2021:

- Motor a combustão V6 Turbo Híbrido de 1.6 litros;

- 3000 rpm a mais para melhorar o som;

- Parâmetros de design interno para restringir os custos de desenvolvimento e desencorajar projetos extremos e condições de funcionamento;

- Remoção do MGU-H;

- MGU-K mais poderoso com foco na implantação manual de energia do piloto durante a corrida, juntamente com a opção de economizar energia por várias voltas para fornecer um elemento tático controlado pelo piloto;

- Turbo único com restrições dimensionais e limites de peso;

- Eletrônica e controle de energia padronizados;

- Alto nível de parâmetros de design externo para maior capacidade de troca de mecanismos, como motor, chassi e transmissão;

- Intenção de investigar regulamentos mais rigorosos de combustível e limites de combustíveis usados.

O comunicado da FIA ainda diz que uma série de reuniões começará agora com todas as partes interessadas para discutir o desenvolvimento da proposta “no espírito da mais ampla cooperação possível”.

Próximo artigo
Lowe: Massa atrás de Stroll no mundial não reflete realidade

Artigo anterior

Lowe: Massa atrás de Stroll no mundial não reflete realidade

Próximo artigo

Hulkenberg critica Renault após problemas: “É inaceitável”

Hulkenberg critica Renault após problemas: “É inaceitável”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1