F1: Sainz comemora retrospecto em Silverstone com vitória e revela nervosismo na relargada

Espanhol conseguiu seus primeiros triunfos na categoria de base correndo no lendário circuito e repetiu o feito no GP da Grã-Bretanha

F1: Sainz comemora retrospecto em Silverstone com vitória e revela nervosismo na relargada
Carregar reprodutor de áudio

Vencer pela primeira vez na Fórmula 1 é sempre especial, deixar para fazer isso em uma data "comemorativa" e por uma equipe histórica, melhor ainda. Em sua 150ª corrida na categoria, Carlos Sainz subiu ao lugar mais alto do pódio em Silverstone pela Ferrari em uma prova difícil disputada neste domingo (3), onde o espanhol sofreu com o equilíbrio do carro e teve que segurar o bom ritmo dos rivais.

Largando na pole position, ele perdeu a primeira colocação para Max Verstappen no começo da corrida, teve outra chance de manter a liderança com o recomeço por bandeira vermelha, mas foi ultrapassado novamente por um erro. Mesmo após o holandês ter problemas em sua Red Bull, ele não parecia um candidato à vitória, já que Charles Leclerc e Lewis Hamilton rendiam melhor, até o safety car que juntou o pelotão, o permitiu calçar pneus macios nos boxes e partir para o triunfo.

Leia também:

"Não sei o que dizer, é incrível", disse Sainz nas entrevistas após a corrida. "Quero dizer, é a primeira corrida que venço, na minha 150ª [na carreira na F1], com a Ferrari em Silverstone, não poderia pedir mais."

"É um dia muito especial, que nunca vou esquecer. Obrigado a todos pelo apoio e os aplausos. Lewis estava bem hoje pelo que eu soube, foi um dia difícil, mas conseguimos segurar. E estou muito feliz."

De acordo com Sainz, foi difícil se manter calmo após o último reinício de corrida antes do final, já que era sua "última chance" de tentar algo no GP deste domingo.

"Não foi fácil. Sofri com o equilíbrio, especialmente no primeiro stint de pneus médios", comentou. "Max estava nos forçando a imprimir muito ritmo em alta velocidade."

"Eu precisava me manter na corrida como estava tentando e, de repente, o safety car me deu a oportunidade de voltar. Você pode imaginar os nervos naquele reinício do carro de segurança, sabendo que era minha chance e consegui."

Além da vitória na 150ª corrida e de ser mais um piloto a entrar na história da Scuderia, Carlos também tem boa relação com Silverstone, já que os primeiros triunfos em sua ainda curta história no automobilismo vieram no circuito inglês.

"Silverstone tem sido um lugar especial para mim, minha primeira vitória foi aqui, na Fórmula BMW em 2010, primeira pole position aqui também em 2010", relembrou o espanhol. "De repente, 12 anos depois, consegui exatamente o mesmo, mas na F1 com a Ferrari. Então, é um lugar especial para mim. Acho que toda a torcida fez parte disso por torcer por mim."

Sergio Pérez chegou na segunda colocação da prova e Hamilton fechou o pódio. Verstappen, o atual líder do campeonato, teve perda de rendimento de seu carro e ficou na sétima colocação. Leclerc, companheiro de equipe de Sainz, terminou em quarto.

F1 AO VIVO: ESPETÁCULO em Silverstone! Sainz VENCE corrida com final ALUCINANTE; acompanhe DEBATE | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #184 - Felipe Kieling, da Band, revela como foi substituir Mariana Becker na cobertura da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
TABELA F1: Após caótico GP da Grã-Bretanha, veja como ficou classificação do campeonato
Artigo anterior

TABELA F1: Após caótico GP da Grã-Bretanha, veja como ficou classificação do campeonato

Próximo artigo

F1: Hamilton exalta Leclerc por disputa em Silverstone e aproveita para alfinetar Verstappen

F1: Hamilton exalta Leclerc por disputa em Silverstone e aproveita para alfinetar Verstappen